menu.jpg

14/10/2008 | Versão para Impressão

Exposio "DESAFIOS: a Medicina e a luta pela vida" inaugura dia 17

A inauguração da exposição que marca o 1º aniversário do Museu de História da Medicina do RS (MUHM) já tem data: 17 de outubro, véspera do Dia do Médico, às 20h. A nova mostra se chamará “DESAFIOS: a medicina e a luta pela vida”, e irá abordar algumas das diversas transformações ao longo da História da Medicina. A busca por conhecimentos para desenvolver a saúde, combater as doenças, aliviar a dor, prolongar a vida e torná-la melhor será mostrada em seis eixos: o conhecimento médico, os costumes, o diagnóstico, as especialidades, as causas das doenças e os tratamentos. DESAFIOS é a exposição de longa duração do MUHM, que ficará em cartaz por pelo menos um ano. A partir desta mostra, o público vai poder ver mais de uma exposição ao mesmo tempo, pois a Sala Rita Lobato passa a ser um espaço multifuncional aberto a iniciativas temporárias. É o caso da mostra “A Medicina através dos selos”, que inaugura também no dia 17, mas encerra no dia 20 de fevereiro de 2009. Outra atração será a inauguração de uma biblioteca de pesquisa com 1.000 livros, entre obras raras, especialidades médicas e uma sessão sobre História da Medicina. A entrada da biblioteca é uma atração à parte: um painel gigante com uma ilustração do cartunista Moa. 

Segundo a diretora do MUHM, a historiadora Juliane Serres, esta mostra é uma versão mais amadurecida da primeira exposição do museu, que explora melhor o acervo e marca momentos específicos da História da Medicina em que houve superação científica e tecnológica na busca de melhores condições de saúde e tratamentos. “O conhecimento do próprio corpo já foi um grande tabu. Técnicas e hábitos que hoje achamos corriqueiros, já foram execrados, e coisas que achamos condenáveis foram consideradas verdades absolutas. Ultrapassar essas e outras fronteiras para avançar cientificamente e chegar à medicina que temos hoje representaram grandes desafios, e é exatamente o que iremos mostrar”, explica a diretora.

Novidades

O museu passa a contar, na Sala Rita Lobato, com um espaço multifuncional, que possibilita a apresentação de mostras temporárias, como a que inaugura junto com a exposição DESAFIOS. A mostra “A medicina através dos selos” evidencia a importância dada pelas sociedades de diferentes épocas e locais a eventos e personalidades da medicina através do lançamento de selos postais. No mesmo espaço, é possível realizar eventos culturais, como saraus, palestras e cursos.

Os pesquisadores que trabalham com a temática da história da medicina e da saúde também vão ter mais um local de pesquisa. O MUHM passa a disponibilizar 1.000 livros selecionados de seu acervo para pesquisa local, firmando-se como instituição que incentiva a pesquisa. O visitante chega ao museu e solicita a lista de livros disponibilizados ao monitor, que entra na biblioteca por trás do painel gigante desenhado pelo cartunista Moa, que reproduz com muito bom humor a convivência da biblioteca com seu pesquisador e, em especial, o que busca informações sobre História da Medicina.

Biblioteca

No dia da exposição também acontecerá a cerimônia de entrega do Prêmio Prof. Rubens Maciel, que levará dois estudantes para o XIII Congresso Brasileiro de História da Medicina, de 12 a 15 de novembro, em Fortaleza, Ceará, por seus trabalhos apresentados na I Jornada Gaúcha de História da Medicina, em setembro último.

DESAFIOS 

A exposição

DESAFIOS está dividida em seis temáticas: o conhecimento médico, os costumes, o diagnóstico, as especialidades, as causas das doenças e os tratamentos. Para ilustrar o conhecimento médico, serão apresentadas algumas contribuições de cientistas como Leonardo Da Vinci e Andréas Vesálio, que em suas épocas, ajudaram a desvendar, com o estudo da anatomia, o grande desafio que era conhecer o corpo humano. Para evidenciar esse processo o acervo do MUHM traz mais uma vez o esqueleto humano da primeira exposição do MUHM (Olhares sobre a História da Medicina).

Esqueleto humano

Na temática sobre os costumes, serão mostrados hábitos que antes eram considerados adequados e que a história mostrou serem prejudiciais à saúde, como escarrar em público ou não lavar as mãos. O público vai poder ver escarradeiras desta época, confirmando este hábito fazia parte da etiqueta.

No eixo sobre as causas das doenças, são apresentadas explicações como a “teoria dos humores” e os “miasmas”, e ainda descobertas, como a do microscópio. Para aplicar um tratamento, é necessário realizar o diagnóstico, que tem nos recursos tecnológicos um importante aliado da observação e da descrição dos casos clínicos. O aparelho de Raio-x foi um desses instrumentos que contribuem para a precisão do diagnóstico e menor sofrimento dos doentes. A origem das vacinas e a resistência da sociedade também são parte da exposição, e em um dos módulos da exposição será possível visualizar três vírus: influenza, da tuberculose e da varíola. Os tratamentos também mudaram ao longo da história: houve épocas em que o uso de sangrias e ventosas era bastante comum, e estas são peças do acervo do museu que estarão ao alcance dos visitantes.

Phantom

Finalmente, a exposição aborda as especialidades médicas, em especial a obstetrícia, já que a Faculdade de Medicina de Porto Alegre tem origem no Curso de Partos. Outra peça que é atração constante do museu é o phantom, desenvolvido para ensinar parteiras. Um vídeo sobre a especialidade, elaborado pelo documentarista Felipe Henrique Gavioli, e uma reprodução de sala de cirurgia completam a ambientação, mostrando a luta pela vida.




O vídeo, peças, livros, painéis e outras histórias estarão disponíveis ao público a partir do dia 18 de outubro, de segunda a sexta-feira, já no horário de verão, das 12h às 20h, e das 15h às 20h nos sábados, domingos e feriados. Visitas e agendamentos de grupos podem ser feitos pelo fone (51) 3029-2900 ou e-mail museu@simers.org.br. O endereço do MUHM é av. Independência, 270, Centro de Porto Alegre.


 



Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player