menu.jpg

13/05/2009 | Versão para Impressão

Rio Grande recebe a mostra Retratos da Medicina

Cartaz da mostra Retratos da Medicina em Rio GrandeO Museu de História da Medicina do RS (MUHM) inaugura na próxima terça-feira (05) às 18 horas no município de Rio Grande a exposição itinerante Retratos da Medicina: A história Médica do Rio Grande do Sul. A mostra acontece no Espaço Cultural Walter Renato Monteiro Badejo, Sobrado dos Azulejos (Mal. Floriano, 103, Centro) e ficará aberta a visitação de 06 a 22 de maio, de segunda a sexta-feira, das 13h30min às 18h. A iniciativa é do MUHM e do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) e já percorreu 26 cidades gaúchas com fotografias, livros e materiais que contam um pouco sobre a trajetória médica no Estado desde o século XVIII, com o apoio das Delegacias Regionais do Sindicato. Em Rio Grande a mostra conta ainda com o apoio do Sindicato Médico de Rio Grande, Prefeitura Municipal, Centro Municipal de Cultura Inah Emil Martensen, Unimed Litoral Sul e Unicred.

A exposição chega a 2009 renovada pelas inclusões de informações sobre personagens que viveram nas cidades por onde passa. Outra novidade é o painel que permite aos visitantes assistir um vídeo sobre História da Medicina e ainda interagir, utilizando em si mesmos os estetoscópios disponíveis na mostra.

Em Rio Grande os visitantes poderão conhecer biografias locais como a dos médicos Augusto Duprat, Antonio Maria da Costa Freitas, Mariano Cardozo Espíndola e Pio Ângelo da Silva, em pesquisa realizada pela equipe do MUHM com apoio de Aline Quiroga Neves, bacharel em História pela Furg e especialista em História do Rio Grande do Sul.

Retratos da Medicina é dividida em quatro partes: a prática médica - presença dos primeiros médicos em território gaúcho; o ensino médico - pelo relato das primeiras escolas no Brasil e no Rio Grande do Sul; a defesa da profissão e organização sindical; e, finalmente, os personagens da história da medicina.

Quem visitar a mostra vai encontrar objetos do acervo do MUHM, como fórceps, instrumentos cirúrgicos, bisturis e afastadores, estojos oftalmológicos, um microscópio e um eletrocardiógrafo. O acervo completo do museu conta com mais de 2 mil objetos museológicos, aproximadamente 5 mil livros e 10 mil documentos, entre raridades nacionais e estrangeiras e amplo material digitalizado para pesquisa, composto por doações de profissionais e familiares de todo o Estado.

O acervo do MUHM é formado basicamente por doações de materiais, documentos, fotos e livros sobre a medicina. Interessados podem entrar em contato com a equipe do museu pelo fone (51) 3029.2900 ou pelo e-mail museu@simers.org.br, ou diretamente na sede em Porto Alegre, que fica na avenida Independência, 270, Centro.
Retratos da Medicina em Rio Grande
MUHM visita NUME-FURG


Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player