menu.jpg

05/11/2007 | Versão para Impressão

Muhm abre 23 Semana Acadmica da FFFCMPA

O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (Muhm) abrirá a programação da 23ª Semana Acadêmica da Fundação Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre (FFFCMPA), no próximo dia 12 de novembro, que tem como tema Passado e Presente: A Evolução do Conhecimento Médico. A diretora do Muhm, a historiadora Juliane Serres, falará sobre A História da Medicina no Rio Grande do Sul.

 

Segundo Juliane Serres, esta será mais uma oportunidade de aproximar o museu da comunidade acadêmica. Além da participação do Muhm em eventos externos, a instituição promove periodicamente encontros para discussão de temas ligados à área de estudo do museu, e pretende incentivar a produção de conhecimento.

 

A 23ª Semana Acadêmica da FFFCMPA segue até o dia 14 e vai abordar, ainda, temas ligados a doenças cardiovasculares, neorológicas e neoplásicas, antibioticoterapia, diagnóstico por imagem e pesquisa científica, além de permitir a apresentação de trabalhos. A programação completa e outras informações podem ser obtidas no site http://centroacademico.fffcmpa.edu.br.  

 

Parcerias

 

O Muhm conta com algumas parcerias importantes na área acadêmica. No último dia 25, assinou convênio com a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e o Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul para recuperar a documentação da Beneficência Portuguesa. Com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), tem dois convênios ativos: um para digitalização das teses de medicina, outro que possibilita a participação de alunos de Biblioteconomia nos trabalhos do museu. A equipe da instituição também conta com estagiários de diferentes cursos e universidades.

 

O museu é uma iniciativa do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) que é patrocinador da 23ª Semana Acadêmica. O objetivo do Muhm é o de constituir acervos, cuidando de sua preservação, conservação, organização e divulgação, além de ser um promotor e incentivador de pesquisas sobre a história médica no Estado. O acervo do museu é formado por doações, e já conta com mais de 4 mil peças, divididas entre acervo museológico (instrumentos), acervo bibliográfico (livros) e arquivístico (documentos).

 

Durante a semana acadêmica, os produtos da lojinha do Muhm que normalmente estão à venda em sua sede, também estarão disponíveis em um estande no local.



Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player