menu.jpg

14/09/2009 | Versão para Impressão

2 Mateada da Primavera

O MUHM informa seus parceiros e amigos que a provável nova data da mateada será dia 17 de outubro, comemorando o aniversário de 2 anos do museu, a nova exposição e o Dia do Médico. Aguarde!


Devido à chuva e previsão de que ela continue, está cancelada a 2ª Mateada da Primavera prevista para o dia 12 de setembro das 10h às 17h.

O MUHM abrirá normalmente das 14h às 19h para visitação e caso uma nova data seja agendada os parceiros, colaboradores e a comunidade serão novamente informados.

O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul agradece a todos os parceiros que se dispuseram a participar do evento e espera contar com todos eles na próxima oportunidade e nos demais eventos que venham a ser realizados.

Porto Alegre, 11 de setembro de 2009.



 

2ª Mateada da Primavera



A 2ª Mateada da Primavera terá ainda a presença da Escola do Chimarrão, Memorial da Justiça do Trabalho, Museu da UFRGS, Sociedade Italiana, Abrasus, Hospital Beneficência Portuguesa, Centro Histórico Cultural Santa Casa, SIMERS, CTG Estância da Azenha e Colégio Rosário

O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM) promove no próximo sábado (12), das 10h às 17h, na Praça Dom Sebastião, a 2ª Mateada da Primavera, evento que marca uma série de atividades do museu para comemorar a chegada da nova estação. A mateada terá atrativos que vão desde ações educativas a prestação de serviços de saúde, além de contar com a presença da Escola do Chimarrão, de Venâncio Aires, Memorial da Justiça do Trabalho, Museu da UFRGS, Sociedade Italiana, Abrasus, Hospital Beneficência Portuguesa, Centro Histórico Cultural Santa Casa, CTG Estância da Azenha, Colégio Rosário o mantenedor do museu, o Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS). A praça fica em frente ao MUHM, na Av. Independência, 270, Centro de Porto Alegre. Em caso de chuva o evento não acontece.


Veja como foi a primeira edição


Atividades da 2ª Mateada da Primavera

Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul

O anfitrião vai abrir as portas em horário diferente neste sábado, acompanhando as atividades e horário da mateada, das 10h às 17h. Poderão ser visitadas as exposições “DESAFIOS: A medicina e a luta pela vida” e “As Faces da Saúde”. Na praça o Setor Educativo também vai divulgar as suas ações e o trabalho de educação patrimonial, que neste dia vai focar no que é patrimônio imaterial.

Corredor Cultural Bom Fim
Além do MUHM, outros integrantes do Corredor Cultural Bom Fim estarão na praça divulgando o acervo e o trabalho de cada instituição. São eles o Memorial da Justiça do Trabalho, o Museu da UFRGS e a Sociedade Italiana.

Escola do Chimarrão
Um ônibus da escola e instrutores estarão ensinando na praça diversas formas de fazer o chimarrão, que está pleiteando ser transformado em Patrimônio Imaterial do Brasil. Também será fornecida água quente para quem trouxer a sua cuia e material para chimarrear na praça.

SIMERS
A Comissão de Eventos do Sindicato Médico do RS vai oferecer às 16 horas uma atividade física de alongamento e relaxamento conduzida por uma profissional de Educação Física, como parte da sua campanha “Liga da Saúde: Eu sou + eu”, que incentiva a busca por uma vida mais saudável.

Abrasus
A entidade estará divulgando os serviços que oferece, como apoio técnico e jurídico para pacientes buscarem medicamentos, cirurgias, consultas e exames que devem ser fornecidos pelo SUS.

Hospital Beneficência Portuguesa
Vai oferecer serviços de medição de pressão e teste de glicose na praça.

Centro Histórico Cultural Santa Casa

A instituição também estará presente na Mateada divulgando seu acervo e seu trabalho.

CTG Estância da Azenha
Um grupo de dança mirim fará apresentações às 11h e às 15h na praça.

Colégio Rosário
Irão oferecer a atividade “Hora do Conto”, marcada para às 12h (anteriormente estava marcado para às 13h).
O personagem da obra, o gaúcho Blau Nunes, convida o público presente - não importa a idade - para uma roda de chimarrão e um dedo de prosa em volta do "fogo" - imaginário. Neste momento de prosa serão apresentadas ao som do violão algumas canções folclóricas como "Boi Barroso", "Prenda Minha", "Pezinho", que se relacionam às histórias "O boi velho", "Melancia Coco Verde", "O negrinho do Pastoreio", "O CTG mal assombrado". 
Serão utilizadas também técnicas de teatro e aquarelas na atividade, que dura em média 40 min.

O museu continua com uma programação voltada para a chegada da nova estação até o dia 26 de setembro, quando dentro do projeto “Museu vai ao Parque”, estará presente no parque da Redenção promovendo a 3ª Primavera dos Museus do Ministério da Cultura e participando da Semana da Primavera de Porto Alegre.




Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player