menu.jpg

12/11/2007 | Versão para Impressão

Semana da Conscincia Negra: pioneiros do RS so destaque na programao

O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (Muhm) apóia a XVI Semana da Consciência Negra, que iniciou neste domingo (11) e segue até o dia 20, data alusiva à morte de Zumbi dos Palmares. Quem participar da programação da semana, poderá conhecer um pouco da história dos primeiros médicos negros do Estado.

Panatieri em pé, à direita, com seus colegas em 1949.Luciano Raul Panatieri (Porto Alegre, 1897 – 1972). Formado pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre em 1922, é, conforme os registros, o primeiro médico negro formado no Rio Grande do Sul. 

Trabalhou em Rio Pardo e na capital gaúcha. O interesse pela literatura o levou ao Grêmio Rio-pardense de Letras.



Veridiano FariasVeridiano Farias (Rio Grande, 1906 – 1952). Concluiu os estudos secundários aos 36 anos, prestando vestibular para medicina em seguida. Em 1943 foi aprovado, matriculando-se na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, conseguindo transferência para Porto Alegre logo em seguida. Durante os anos de estudo trabalhou como chofer e motoneiro de bonde. Formou-se em 1951 e iniciou a vida profissional no Hospital Colônia Itapuã. Faleceu pouco tempo depois.



Mais fotos

Durante a Semana da Pátria. Rio Pardo, 1934. Panatieri, no canto à direita.

Durante a Semana da Pátria. Rio Pardo, 1934. Panatieri, no canto à direita.




Veridiano Farias

Veridiano Farias



Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player