menu.jpg

08/11/2010 | Versão para Impressão

Semana do Mdico A Medicina Encontra a Msica: A Presena Alem



  Veja fotos do evento em nosso perfil no Facebook

Sarau Especial

Quintas no Museu desta Semana do Médico e de aniversário do MUHM trouxe o sarau especial “A Medicina Encontra a Música: A Presença Alemã”, que dá início a uma série de saraus sobre as presenças de outras etnias na medicina no Rio Grande do Sul.

Esta primeira edição terá a participação do Grupo Lâminas de Porto Alegre, executando obras clássicas e populares, como “Felicidade”, de Lupicínio Rodrigues, com interpretação de Raquel Calovi, que também canta “A Lagoa”, música composta pelo médico Dóris José Schlatter, com letra de Aparício Silva Rillo. A outra música do médico que será executada será “Saudade”, que tem letra do também médico Mario Totta. O solo e interpretação desta será feito pelo médico e tenor Aury Hilario, coordenador dos Saraus Líricos do MUHM e editor da Agenda Lírica de Porto Alegre. Intercaladas com as execuções dos músicos serrotistas Antônio Frizon e José Mario Guedes, e a pianista Dolores Grin, haverão dois painéis, o primeiro deles será “Os Doktors" - Médicos estrangeiros alemães, austríacos e húngaros no RS”, apresentado pelo médico Claus Preger, e o segundo, “Hospital Schlatter”, apresentado pelo jornalista Renato Mendonça, autor do livro homônimo.


PROGRAMA

Data: 21 de outubro de 2010
Horário: 18h30min
Local: Sala Rita Lobato do MUHM - Av. Independência, 270 - Centro Histórico de Porto Alegre

Bloco 1 (Abertura)
Grupo Lâminas de Porto Alegre
Antônio Frizon e José Mario Guedes, e a pianista Dolores Grin

Noites de Moscou (instrumental)

A Lagoa
Música de Doris José Schlatter composta em outubro de 1960
Letra de Apparício Silva Rillo
Solo e Interpretação de Raquel B. Calovi

Bloco 2
Dr. Claus Preger

Painel: "Os Doktors" - Médicos estrangeiros Médicos alemães, austríacos e húngaros no RS

Bloco 3
Grupo Lâminas de Porto Alegre


Saudade - Música composta por Doris Schlatter em 1961 com a Letra do Dr. Mario Totta
Solo e Interpretação pelo Dr. Aury Hilário

Hochzeitslied ou Ave-Maria

Bloco 4
Jornalista Renato Mendonça

Painel: Hospital Schlatter
A história da família de médicos Schlatter e do hospital que completou 100 anos em 2009 na cidade de Feliz-RS

Lançado em setembro de 2010 o livro de 160 páginas parte do princípio de que o próprio hospital pode falar e contar a sua história. A publicação reúne fundamentalmente as biografias de três gerações da família Schlatter. No capítulo dedicado a Gabriel Schlatter (1865 - 1947), relembra a infância e a juventude dele na Áustria, sua chegada no Brasil, a fundação do Hospital Schlatter e o pioneirismo de Gabriel ao fundar a primeira Escola de Parteiras no estado. A parte dedicada a Doris José (1900 - 1966), acompanha a consolidação do Hospital e a multiplicação de talentos do filho de Gabriel como médico, músico e político. O último capítulo é dedicado a Theo Tássilo (1930 - 2007), registrando seus talentos de cirurgião, administrador e homem público, e acompanhando o esforço do centenário Hospital Schlatter para adaptar-se aos novos tempos.

O diferencial de "Hospital Schlatter" é não se contentar com o acompanhamento simples da trajetória desta trinca de médicos - ilustrado com mais de 130 fotografias, o livro contextualiza as vidas de Gabriel, Doris José e Theo Tássilo junto às comunidades em que viveram e que transformaram. Essa perspectiva rende flagrantes deliciosos do dia a dia na região de imigração alemã durante o século passado, relembra a ação repressiva do Estado Novo durante a II Guerra Mundial, acompanha o crescimento e a afirmação da cidade de Feliz, sede do Hospital Schlatter.

O autor, Renato Mendonça, trabalhou por 15 anos no Segundo Caderno da Zero Hora, sendo vencedor do Prêmio ARI de Reportagem Cultural em 2005. Em 2002, lançou o livro "O Homem que Enganou o Tempo", que descrevia a vida de Gabriel Schlatter, fundador do Hospital Schlatter.


Bloco 5

Grupo Lâminas de Porto Alegre


Acalanto de Mozart
Solo - Interpretação de Raquel B. Calovi

Felicidade de Lupicínio Rodrigues
Interpretação de Raquel B. Calovi com participação do público


Reflorescer
CAMPANHA SAÚDE CRIANÇA REFLORESCER

A partir deste mês, que além de ser o Mês do Médico é  também o Mês da Criança, começamos uma parceria com a Associação Saúde Criança Reflorescer. Os eventos seguem gratuitos mas pedimos que aqueles que puderem contribuir para a campanha de arrecadação de alimentos da Reflorescer tragam alimentos, não só em eventos, mas a qualquer tempo, para o museu.

Essa campanha visa atender crianças que muitas vezes voltam para o hospital após estarem curadas por problemas de nutrição. Assim elas são acompanhadas juntamente com suas famílias para que passem a ter um atendimento completo e que garanta que estarão bem alimentadas para não ficarem fragilizadas e voltarem a ser internadas.

A Reflorescer distribui tudo em forma de cesta básica diretamente às famílias atendidas, que são encaminhadas pelo Hospital da Criança Conceição. Os alimentos que têm maior demanda são:

- feijão

- açúcar

- óleo

- massa

- farinha de trigo

- farinha de milho

- leite integral


Especial Semana do Médico “A Medicina Encontra a Música: A Presença Alemã” no Quintas no Museu



Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player