menu.jpg

03/05/2011 | Versão para Impressão

Indstria farmacutica foi tema discutido no primeiro MED&CINE

O Museu de História da Medicina e o Núcleo Acadêmico do Sindicato Médico do RS (NAS/SIMERS) promoveram na quinta à noite (14 de abril) a primeira edição do MED&CINE, sessão de cinema comentada seguida de palestra científica sobre o tema do filme, que na estreia exibiu o premiado O Jardineiro Fiel, do brasileiro Fernando Meirelles. O evento aconteceu na Sala Rita Lobato do museu, localizada no prédio histórico do Hospital Beneficência Portuguesa (Av. Independência, 270). Quem participou teve até direito à pipoca quentinha, com um pipoqueiro especialmente convidado para dar o tom de cinema à atividade. Próxima edição, dia 19 de maio às 18h45, trará o filme "Mar Adentro".

O MED&CINE foi transmitido online pela Twitcam no Twitter @muhmrs com a hashtag #medcine e as falas estão sendo disponibilizadas no site http://www.muhm.org.br e em seu canal no YouTube - youtube.com/muhmrs. As fotos podem ser vistas no Facebook do museu. Estiveram presentes estudantes e médicos do SIMERS, inclusive a vice-presidente Maria Rita de Assis Brasil, acompanhada da filha.


Dr. Paulo Ricardo Cardoso palestrou online:
 “Influência da Indústria Farmacêutica sobre os Médicos”

 Assista mais vídeos em nosso Canal no YouTube

 Veja as fotos do evento em nosso perfil no Facebook
 

De acordo com a diretora do MUHM, historiadora Juliane Primon Serres, o projeto inaugura uma parceria com o Núcleo Acadêmico do SIMERS, e é uma oportunidade a mais para os estudantes de medicina e interessados em história e cinema. "O MED&CINE estava há tempos para sair. Este ano também teremos uma exposição itinerante que acompanhará os eventos do Núcleo", adiantou a diretora. A exposição irá tratar do Movimento Médico Estudantil e abordará temas como o período da Ditadura Militar mas também manifestações recentes, como a luta contra o bacharelado, em 2008. 

O diretor sindical André Wajner lembrou que além de ser o primeiro evento científico-cultural do Núcleo, é importante por trazer à luz temas como ética, filosofia, que são vitais para o estudante de medicina. "O MED&CINE vem integralizar a parceria entre Núcleo Acadêmico e MUHM", disse o dirigente. 

Julio Cesar Razera, conselheiro do Núcleo Acadêmico, salientou a importância de trazer cultura e discussões que não são feitas na faculdade. Ele também contou como foi o processo de escolha dos filmes. "Fizemos uma grande reunião com estudantes e historiadores do Museu e selecionamos 10 filmes, cinco para 2011 e mais cinco para 2012", explicou o acadêmico.

A vice-presidente do SIMERS, Maria Rita de Assis Brasil, destacou o novo projeto e a entrada de discussões sobre saúde e ciências por meio da sétima arte. "É emblemático que esses temas sejam abordados dentro do Museu que trata da História da Medicina, é realmente muito bom", comemorou a médica e vice-presidente do sindicato, que é o mantenedor do museu.

foto

A programação começou com um breve comentário do mestre e doutorando em História Rafael Hansen Quinsani, que pesquisa como a visão cinematográfica da história modifica a história como ciência. O historiador classificou o filme como híbrido, já que embora ficção trata de questões relacionadas à realidade, e abordou desde questões históricas até a análise da escolha do título "jardineiro fiel". 

Quinsani lembrou que a trajetória da África está diretamente relacionada ao colonialismo e imperialismo desde o século XIX, e, no caso do Quênia - locação do filme - com grande influência da Inglaterra pela posição estratégica geograficamente. 


Comentário histórico-cinematográfico ficou a cargo do
Historiador Rafael Quinsani 

Outra reflexão do historiador foi quanto ao título do filme, que na origem, em inglês, "constant gardener" remete à ideia de constância, firmeza, inclusive de caráter. Nesse caso, é possível que o "fiel" passe a mesma referência. Também referenciou o pioneirismo do cineasta brasileiro Fernando Meirelles. "O filme tem um aspecto multinacional, envolvendo diversos países na produção, mas Fernando Meirelles conseguiu fazer o caminho que muitos outros diretores tentam sem sucesso", observou. Quanto à estética do filme destacou a descontinuidade da narrativa do filme. "Ele vai e volta, da mesma forma que na História, onde não há de fato início, meio e fim, nem tem uma causalidade para tudo", concluiu o historiador.

Na sequência, foi reproduzido o longa que deu à atriz Rachel Weisz o Oscar por melhor atriz coadjuvante em 2006. Após, o responsável técnico da Campanha Alerta, dr. Paulo Ricardo Cardoso, palestrou sobre a "Influência da Indústria Farmacêutica sobre os Médicos" e chamou a atenção para a necessidade de conscientização da categoria médica quanto à pressão desse segmento que utiliza fortemente o poder do jogo de influências e da propaganda. "Os médicos foram considerados os profissionais em quem as pessoas mais confiam em uma pesquisa recente e temos uma grande responsabilidade", lembrou o palestrante. 

   
     
Dr. Paulo Cardoso    



Jardineiro FielO Jardineiro Fiel apresenta a trajetória de Justin Quayle (Ralph Fiennes), um diplomata britânico lotado em Nairóbi (Quênia), que decide investigar as razões do assassinato de sua esposa Tessa (Rachel Weisz), uma ativista de direitos humanos. Mesmo recebendo ameaças, Justin descobre que ela desvendava uma conspiração internacional envolvendo governos e multinacionais do setor farmacêutico e testes de medicamentos em seres humanos.



As inscrições para os próximos eventos podem ser feitas pelo site do NAS (http://www.nucleoacademico.org.br). Os valores para os pré-inscritos são os seguintes: gratuitos para os sócios, e R$ 5 para não sócios. A inscrição só estará garantida, no entanto, se o interessado chegar até às 19h, pois a sala tem limite de lugares. No local, as inscrições têm outro valor: R$ 5,00 para sócio e R$ 10,00 para não sócios. O pagamento para os não sócios devem ser feitos ao NAS na sede do SIMERS (Rua Corte Real, 975), das 9h às 18h15min. O montante arrecadado será revertido em produtos para uma entidade assistencial.

A programação do Med&Cine prevê ao longo do ano sessões de filme seguidas de palestra com "Mar Adentro", “Filadélfia”, “As Invasões Bárbaras” e “Quase Deuses”.


MED & CINE - Programação geral



Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player