menu.jpg

19/05/2011 | Versão para Impressão

Suicdio assistido, morte e tica discutidos no MED&CINE

twitcam Acompanhe o comentário histórico-cinematográfico e a palestra pela twitcam do @muhmrs

Historiador Rafael Quinsani



Biólogo José Roberto Goldim




 Veja as fotos do evento em nosso perfil no Facebook



O Museu de História da Medicina e o Núcleo Acadêmico do Sindicato Médico do RS (NAS/SIMERS) promoveram na quinta à noite (19) a primeira edição do do Med&Cine, sessão de cinema comentada seguida de palestra científica sobre o tema do filme, que nesta noite apresentou o filme "Mar Adentro", de Alejandro Aménabar. O evento aconteceu na Sala Rita Lobato do museu, localizada no prédio histórico do Hospital Beneficência Portuguesa (Av. Independência, 270). A pipoca quentinha na noite fria foi um extra que já é atração conhecida dos frequentadores da atividade, que convida um pipoqueiro para dar o tom de cinema. A próxima edição, dia 09 de junho, às 18h45, trará o filme "Filadélfia".

O MED&CINE foi transmitido online pela Twitcam no Twitter @muhmrs com a hashtag #medcine e as falas disponibilizadas no site http://www.muhm.org.br. As fotos podem ser vistas no Facebook do museu. Estiveram presentes estudantes e médicos do SIMERS, inclusive os diretores André Wajner e Ariadene Duarte, além do acadêmico Julio Razzera.
 
O historiador Rafael Quinsani mestre e doutorando em História pela Ufrgs, fez um comentário histórico-cinematográfico sobre o filme, passando pelas questões religiosas, herança espanhola, conflitos internos e a abordagem da morte no cinema. Quinsani lembrou a existência de gêneros extremamente reais em que a morte é real e filmada.

Após o comentário foi reproduzido o longa "Mar Adentro", baseado na história real de Ramón Sampedro. O filme mostra sua luta após 28 anos tetraplégico e reivindicando o direito de morrer. Vencedor do Globo de Ouro de filme estrangeiro e indicado ao Oscar 2005 em duas categorias. O protagonista é interpretado por Javier Bardem.

Depois do filme o biólogo José Roberto Goldim, mestre em educação, doutor em Medicina, membro dos comitês de bioética do Hospital São Lucas e Hospital de Clínicas e professor das faculdades de Medicina da PUCRS e Ufrgs, falou sobre "Bioética, Morte e o Morrer". O biólogo deu exemplos de legislação como a da Suíça, onde a incitação à morte é proibida, mas a assistência a um ato decidido, não. A ética médica também pautou sua fala, que incluiu o relato detalhado da história real de Ramón Sampedro e toda a estratégia que envolveu sua morte para não implicar seus amigos. 
 


As inscrições para os eventos podem ser feitas pelo site do NAS - www.nucleoacademico.org.br ou no local. Os valores para os pré-inscritos são os seguintes: gratuitos para os sócios, e R$ 5 para não sócios. A inscrição só estará garantida, no entanto, se o interessado chegar até às 19h, pois a sala tem limite de lugares. No local, as inscrições têm outro valor: R$ 5,00 para sócio e R$ 10,00 para não sócios. O pagamento para os não sócios devem ser feitos ao NAS na sede do SIMERS (Rua Corte Real, 975), das 9h às 18h15min. O montante arrecadado será revertido em produtos para uma entidade assistencial.

A programação do Med&Cine prevê ao longo do ano sessões de filme seguidas de palestra com “
Filadélfia”, “As Invasões Bárbaras” e “Quase Deuses”. "O Jardineiro Fiel" foi o primeiro filme exibido.

MED & CINE - Programação geral


Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player