menu.jpg

22/01/2008 | Versão para Impressão

Memria da Beneficncia Portuguesa integra projeto de histria oral do Muhm

Alda Dias de MatosO Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (Muhm) inaugurou com chave de ouro as entrevistas do projeto de história oral para recuperação da memória do Hospital Beneficência Portuguesa. Os trabalhos vão integrar o banco de dados do museu e mais tarde vão ser disponibilizados ao público através do site www.muhm.org.br, em áudio e/ou vídeo. Daniela Vallandro de Carvalho, historiadora, e Fabiana Nunes da Silva, estudante de História, conduziram a primeira entrevista com a professora Alda Dias de Matos, cujo pai – José Pereira de Matos – presidiu, nos anos 30, a Sociedade Portuguesa de Beneficência.

 

O acervo de história oral do Muhm vem somar ao trabalho de recuperação de documentos que vem sendo desenvolvido em parceria com a Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e o Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul (AHRS) desde outubro de 2007. De acordo com a equipe do Muhm, os contatos têm sido feitos de maneira espontânea: na medida em que pessoas que tiveram algum relacionamento com o hospital, a sociedade ou o prédio visitam o museu, começam naturalmente a relatar fatos dessa época, o que já era esperado, pela forte relação da instituição com porto-alegrenses e gaúchos ao longo do tempo. É anotado então o telefone e feito o contato para marcar uma entrevista que detalhe essas memórias, para que não se percam.

 

Dona Alda com o retrato de seu pai (acima, à direita)



Moeda do Centenário da Sociedade Portuguesa de Beneficência, em 1954Dona Alda também fez uma bela doação: uma moeda comemorativa do Centenário da Sociedade Portuguesa de Beneficência, em 1954, peça que agora faz parte do acervo museológico do Muhm. Depois, fez uma visita ao Salão Nobre, onde há um quadro com a imagem de seu pai.


 



Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player