menu.jpg

05/09/2011 | Versão para Impressão

Exposio Movimento Mdico Estudantil Gacho em Pelotas

O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul inaugurou nesta sexta-feira (02) em Pelotas, durante atividade científica do Núcleo Acadêmico do SIMERS, a exposição "Movimento Médico Estudantil Gaúcho". A mostra foi feita em parceria com o NAS e passa a itinerar junto com os eventos e cursos promovidos pelo núcleo. A intenção é aproximar os estudantes do museu. A inauguração foi na Associação Médica de Pelotas, na abertura do Curso de Interpretação de Exames Laboratoriais na Prática Clínica. 

 Veja aqui como foi



A mostra apresenta a participação dos estudantes de Medicina em diferentes momentos, desde o período da Ditadura Militar até o recente movimento contra o bacharelado. Serão contadas histórias como a do “Dr. Juca”: o médico João Carlos Haas Sobrinho atuou na guerrilha do Araguaia e até hoje é dado como desaparecido político. 



Outro destaque da exposição é o registro fotográfico do protesto contra a mudança de titulação profissional para “Bacharel em Medicina”. Fotos da grande manifestação pública (ocorrida na véspera do Dia do Médico, em 2008) mostrarão a luta de centenas de estudantes, que garantiu a manutenção do nome e da identidade da profissão. Para o responsável pela mostra, o historiador Éverton Quevedo, a proposta diferencia-se por seu caráter visual. “Queremos que os estudantes se vejam nesta exposição”, afirma o diretor técnico do MUHM. 





Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player