menu.jpg

26/03/2012 | Versão para Impressão

Exposio "Mulheres e Prticas de Sade" no GHC



De 1º a 20 de março, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o Museu de História da Medicina promoveu nos corredores do entorno do "Chalé da Cultura", espaço cultural do Hospital Conceição (av. Francisco Trein, 596 - Bairro Cristo Redentor) a exposição Mulheres e Práticas de Saúde: Medicina e Fé no Universo Feminino. O pioneirismo e a força das gaúchas é são destaques nesta mostra itinerante que homenageia a trajetória de médicas que venceram barreiras sociais e políticas para estudar, se formar e prestar atendimento médico quando a atividade era predominantemente masculina. As fotos são de Felipe Henrique Gavioli, que acompanhou as entrevistas feitas pelo historiador Éverton Quevedo. 

Veja mais fotos aqui e confira a promoção cultural do Museu em sua página  www.facebook.com/museudehistoriadamedicina



Saiba mais: tinyurl.com/mulheresmuhm

 

O museu também mostra o trabalho de outras mulheres, que não se tornaram médicas, mas que trouxeram luz para muitas pessoas: as parteiras. Algumas, com diploma. E, como a cura tem na fé uma grande aliada, as benzedeiras também estarão presentes com suas rezas e benzeduras. 



 

No site do museu é possível ainda conhecer outras trajetórias mostradas na primeira edição da mostra, em 2008. A precursora, a gaúcha Rita Lobato, formou-se na Bahia em 1887, e foi também a primeira vereadora eleita. As duas médicas seguintes a formar-se em território brasileiro também eram gaúchas: Ermelinda Lopes Vasconcelos e Antonieta César Dias formaram-se no Rio de Janeiro, em 1888 e 1889. Mais tarde, em 1904, Alice Maeffer tornou-se a primeira a formar-se em solo gaúcho.

No site também estão dois documentários, "Fé" e "Vida", do fotodocumentarista Felipe Henrique Gavioli, que registrou as entrevistas realizadas pelo historiador Éverton Quevedo com as parteiras e benzedeiras para a exposição em fotografias e vídeos. Foram também fotografadas e ouvidas dez médicas ainda atuantes de diferentes especialidades que, além de serem protagonistas do seu tempo, já que o crescimento da atividade profissional feminina ainda é recente, alcançaram níveis de excelência técnica e acadêmica.

Documentários




Vida





Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player