menu.jpg

15/04/2013 | Versão para Impressão

MUHM e SIMERS inauguram exposio no Gasmetro

No Dia Internacional da Mulher o Museu de História da Medicina do RS (MUHM) e seu mantenedor, o Sindicato Médico do RS (SIMERS), inauguraram a exposição "Mulheres e Práticas de Saúde: Medicina e Fé no Universo Feminino", que fica aberta a visitação até 22 de março, das 9h às 21h, na Usina do Gasômetro, com entrada franca. Escolas podem agendar visitas guiadas e ações educativas de contação de histórias pelo e-mail educativo@muhm.org.br 

Inauguração 
A abertura, na noite do dia 08, reuniu médicos e representantes da área cultural, em especial as médicas homenageadas na exposição e seus familiares. As médicas Beatriz Bohrer do Amaral, Maria Beatriz Mostardeiro Targa, Rita Suzana Camargo Souto, Themis Reverbel da Silveira e Valderes Robinson Achutti foram conferir de perto a mostra da qual participaram. Também esteve presente a representante do Ministério da Cultura para a Região Sul, Margarete Moraes. 


Exposição Mulheres e Práticas de Saúde: Medicina e Fé no Universo Feminino, do Museu de História da Medicina (MUHM) - de 08 a 22 de março de 2013 na Usina do Gasômetro, em Porto Alegre


 

Uma das parteiras, Maria Guilhermina Mayer também compareceu. Ela veio de Santa Maria para o evento contou que fez mais de 4 mil partos na cidade e na região onde mora.   Maria Guilhermina Mayer, parteira entrevistada pelo MUHM para a exposição Mulheres e Práticas de Saúde
     
Maria Beatriz Mostardeiro Targa, médica homenageada na exposição Mulheres e Práticas de Saúde, do MUHM   Maria Beatriz Mostardeiro Targa, médica homenageada, falou sobre a satisfação de integrar a exposição e sobre a escolha da profissão. "Ser médico é o caminho mais lindo do mundo, apenas o máximo, ao menos para mim", repetindo a entrevista à exposição.
     
O diretor do MUHM, Germano Bonow, lembrou que as médicas homenageadas construíram a medicina ao longo dos anos no Rio Grande do Sul, e aproveitou para saudar as mulheres presentes ao evento. "Neste Dia Internacional da Mulher nós homenageamos as médicas, as parteiras e as benzedeiras, mas também reconhecemos a importância de todas vocês em nossas vidas", disse o médico e diretor do museu.  
     
A vice-presidente do SIMERS, Maria Rita de Assis Brasil, lembrou que o cuidados com a saúde é algo muito próprio da mulher. "Não que seja qualidade única da mulher, mas é principalmente da mulher, pela sua cultura, pela sua formação, pela origem toda de como ela lida com o mundo e com a vida", exemplificou a dirigente.   Vice-Presidente do SIMERS, Maria Rita de Assis Brasil, na inauguração da exposição Mulheres e Práticas de Saúde, do Museu de História da Medicina, na Usina do Gasômetro
     

Presidente do SIMERS, Paulo de Argollo Mendes, na inauguração da exposição Mulheres e Práticas de Saúde, do MUHM

  O presidente do SIMERS, Paulo de Argollo Mendes, recordou que a sua turma de Medicina já tinha mulheres, mas que a estrutura da faculdade ainda não estava adequada, faltando, por exemplo, banheiros femininos, obrigando-as a usarem os das funcionárias. "Acho que custamos muito a nos preparar para entender a amplitude da força da revolução que as mulheres fizeram nos últimos 50 anos, somos testemunhas de uma mudança social muito marcante e significativa", completou o presidente.


Vice-presidente do SIMERS, Maria Rita de Assis Brasil, com algumas das médicas entrevistadas pelo MUHM para a exposição Mulheres e Práticas de Saúde



O conteúdo da exposição também pode ser conferido em www.muhm.org.br/mulheres

Serviço: 
Exposição: Mulheres e Práticas de Saúde - Medicina e Fé no Universo Feminino 
Visitação: de 08 a 22 de março de 2013, das 9h às 21h 
Local: Usina do Gasômetro (Galeria dos Arcos) 


Veja mais fotos da exposição em nossa página no Facebook, clicando aqui.



Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player