menu.jpg

30/04/2008 | Versão para Impressão

Exposio Retratos da Medicina prorrogada em Lajeado

A exposição itinerante Retratos da Medicina: A história Médica do Rio Grande do Sul foi prorrogada em Lajeado até o dia 06 de maio. A mostra está acontecendo na Secretaria de Cultura e Turismo e é uma iniciativa do Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul (MUHM). A Retratos da Medicina já percorreu diversas cidades gaúchas com fotografias, livros e materiais que contam um pouco sobre a trajetória médica no Estado desde o século XVIII.

MD. Werner Schinke ao lado da foto do avô, o também médico Karl SchinkeA comunidade de Lajeado tem se identificado com a mostra. Entusiasta das questões ligadas à memória e grande colaborador do MUHM, o MD. Werner Schinke, é neto do também médico Karl Schinke, importante nome da medicina do Estado e um dos retratados. O MD. Karl nasceu na Silésia, atual Polônia. Após formado, emigrou para o Brasil, onde chegou em 1895, radicando-se em São Leopoldo. Em 1902 retornou à Europa com destino a Alemanha. Lá, foi convidado a ir para a África, onde chefiou um posto de emergência médico-militar na Namíbia e atuou por quase dois anos. Em 1913 retornou, instalando-se em Novo Hamburgo, onde permaneceu até sua morte.

Além de histórias como a do MD. Karl Schinke, quem visitar a exposição vai encontrar objetos do acervo do MUHM, como fórceps, instrumentos cirúrgicos, bisturis e afastadores, estojos oftalmológicos, um microscópio e um eletrocardiógrafo. O acervo completo conta com mais de 2 mil objetos museológicos, aproximadamente 5 mil livros e 10 mil documentos, entre raridades nacionais e estrangeiras e amplo material digitalizado para pesquisa, composto por doações de profissionais e familiares de todo o Estado. A Retratos da Medicina se divide em quatro fases: a prática médica (presença dos primeiros médicos em território gaúcho), o ensino médico (relato das primeiras escolas no Brasil e no Rio Grande do Sul), a defesa da profissão e organização sindical e os personagens da história da Medicina.        

Serviço

A mostra, que iniciou no dia 25 de abril, fica aberta até 06 de maio, de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 16h45min e nas sextas-feiras até às 16h, na Secretaria de Cultura e Turismo de Lajeado (rua Borges de Medeiros, número 285).

O Museu de História da Medicina do Rio Grande do Sul tem sua sede em Porto Alegre, na avenida Independência, 270, bairro Centro. Mais informações podem ser obtidas pelo fone (51) 3029.2900, pelo e-mail museu@simers.org.br ou ainda pelo site www.muhm.org.br.



Compartilhe:


Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player