PINTO, Pantaleão José

Natural de Santa Maria (RS), 30 de maio de 1841 - 1906, em Santa Maria (RS). Filho de Francisco José Pinto e Joaquina Pereira Natividade. Fez seus estudos na escola primária em Cachoeira do Sul (RS). Transferiu-se para o Rio de Janeiro, para estudar no Colégio Pedro II, onde bacharelou-se em Letras. Matriculou-se na Escola de Engenharia, mas desentendeu-se com os professores e desistiu do curso. Iniciou o curso de Medicina na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Em julho de 1866, quando cursava o 5º ano, seguiu para o Paraguai comissionado no posto de cirurgião do 31º Batalhão de Voluntários da Pátria. Novamente retornou ao Paraguai em 1867, como 2º cirurgião em comissão da ambulância volante da 1º Divisão de Cavalaria. Retornando ao Rio de Janeiro foi promovido a Capitão. Não aceitou a medalha da ordem dos cavalheiros da rosa, oferecida pelo Imperador por ser Republicano. Diplomou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1872. Retornou para Santa Maria (RS) e exerceu a profissão. Foi vereador em Santa Maria (RS) em 1877. Também foi presidente da Câmara de vereadores durante os anos de 1877 a 1880, depois participou como membro da primeira comissão constituída do governo republicano de 1889 a 1891. Casou-se, em 1874, com Ana Becker e tiveram cinco filhos: Aura, Nicolau Becker Pinto (médico), Francisco Becker Pinto (farmacêutico), Clodomira e Ana. BELTRÃO, Romeu. Cronologia histórica de Santa Maria e do extinto município de São Martinho 1787- 1930. Santa Maria: Editora Pallotti, 1979. BARCELOS, Adão. Um benemérito médico santa-mariense: Pantaleão Pinto, cognominado, o “Pai dos Pobres”.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943. p. 415-416.

KULZER, Gláucia G. L. de L. De Sacramento a Boca do Monte: a formação patrimonial de famílias de elite na Província de São Pedro (Santa Maria, RS, século XIX). Dissertação de mestrado em História. São Leopoldo, 2009, p.175, p. 177, p. 180, p.181, p. 236, p. 445.

;