SALIS Filho, Oscar

Natural de Bagé (RS), 23 de Setembro de 1904. Iniciou os estudos no Ginásio Nossa Senhora Auxiliadora de sua cidade natal, cursando a seguir o Liceu Francês e o Colégio Pedro Segundo do Rio de Janeiro (RJ), pelo qual se bacharelou em ciências e letras. Cursou a Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro, doutorando-se com a tese “Tratamento da Tuberculose". Especializou-se em Tisiologia e Electrocardiologia. Fez viagens de estudos ao Rio de Janeiro, de 1931 a 1933 e a Porto Alegre em 1939. Publicou diversos trabalhos. Foi diretor da Enfermaria Santa Izabel na Santa Casa de Caridade de Bagé, onde exerceu a clínica. Desempenhou também, nessa cidade, as funções de Médico-Chefe do Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Bancários e médico da Viação Férrea do Rio Grande do Sul. Casou-se com Ruth J. Salis de cujo matrimônio teve os filhos Eduardo Afonso e Antônio João.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943. p.560-561

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
;