BERNER, Max Herbert

Natural de Lajeado (RS), 18 de agosto de 1914 - 23 de março de 1995. Filho de Carlos Vendelino Berner e Renate Fritscher. Diplomou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade do Paraná, em 1940. Exerceu clínica em Lages (RS). Atuou como médico em Conventos (1941), Progresso (1942), interior de Lajeado/RS; em Paverama (RS) em 1944 e em Estrela (RS) em 1947, ano em que foi sócio fundador da SMAT. Transferiu-se no ano seguinte para o Rio de Janeiro, trabalhando por 27 anos, exercendo funções públicas. Em 1975, retornou para Porto Alegre (RS) atuando como Médico Sanitarista e Delegado Federal de Saúde da 12ª Região Ministério da Saúde em Porto Alegre (RS). Foi responsável pela Chefia do Setor RS da Superintendência de Campanhas de Saúde Pública (1967). Participou da 4° Conferência Nacional de Saúde “Recursos humanos para as atividades da saúde” no RJ de 30 de ago - 4 de set. de 1967. Publicou: “Aspectos gerais da endemia tracomatosa no Brasil. In: Rev. A. M. B. - 4•. 237-241, 1958”; “A espiramicina no tratamento do Tracoma Separata de Publicações Médicas Ano XXX, n.º 203, 1958”. Casou-se com Ena Buchmann.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943. p. 487.

SCHIERHOLT, José Alfredo. À sombra de plátanos: história da saúde do vale do Taquari. 2ª ed. Lajeado: Evandraf, 1997, p.185.

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/0212cns_anais2.pdf

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/anais_4_conferencia_nacional_saude.pdf

;