FLEISCHHUT, Roberto

Natural de Fischen (Alemanha), 26 de setembro de 1891 - 24 de maio de 1971, em Lajeado (RS). Filho de Josef Fleischhut e Maria Wurmser Fleischhut. Realizou seus estudos primários e secundários no Ginásio de Neuburg. Foi assistente da Clínica Médica da Universidade de Augusta. Interrompeu seus estudos durante a I Guerra Mundial, para servir como Médico Assistente. Formou-se na Universidade de Munich e Würzburg (Alemanha), defendo a tese “Tratamento do pruritos”. Especializou-se em cirurgia geral no serviço do Prof. Ernest Ferdinand Sauerbruch, cirurgião alemão e um dos pioneiros na criação e aplicação de próteses nos membros inferiores. Transferiu-se para o Brasil, em 1924, e radicou-se em Lageado (RS) atuando como diretor do Hospital. Também montou consultório, um ambulatório, sala de cirurgia e sala de recuperação, instalando aparelhagem que trouxe da Alemanha. Realizou viagem de estudo para Europa, frequentou diversos estabelecimentos hospitalares. Foi homenageado por seus 25 anos de exercício médico em Lajeado (RS) sendo gravada uma placa em bronze que se encontra afixada no saguão da entrada do Hospital. Em 1967 recebeu o título de Cidadão Lajeadense, pela Câmara Municipal de Lajeado, que reconheceu suas quatro décadas de relevantes serviços. Casou-se com Carolina Schröppel Fleischhut tendo o filho, Günter (médico).

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.511.

SCHIERHOLT, José Alfredo. À sombra de plátanos: história da saúde do vale do Taquari. 2ª ed. Lajeado: Evandraf, 1997, p.196.

;