ÁVILA, César Augusto da Costa

Natural de Lajes (SC) 26 jul. 1906 – 19 fev. 1974, Porto Alegre (RS). Filho de João Otávio da Costa Ávila e Maria Siebert da Costa Ávila. Iniciou os estudos no Ginásio E. Vital Ramos em Lajes (1913-1914), posteriormente no Ginásio Catarinense em Florianópolis (1915-1922) e, depois na Escola de Guerra do Realengo (1923-1924 (curso incompleto). Formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do RJ em 1930. Especialista em Ortopedia e Clínica Cirúrgica Infantil. Foi médico do Hospital de Caridade de Florianópolis (SC) em 1931. Diretor do Hospital Nova Veneza (SC) em 1932, e da Casa de Saúde São José, Antônio Prado (RS) em 1936. Em 1939 iniciou sua atuação em Porto Alegre (RS) como Livre-Docente da Faculdade de Medicina de Porto Alegre e tornou-se Catedrático desta faculdade a partir de 1944, aposentando-se em 1967. Atuou também como Diretor do Hospital de Ibirama (SC) em 1943. Transformou uma casa na Av. 24 de Outubro, em Porto Alegre (RS) em um hospital de traumatologia e, mais tarde, construiu o Hospital Independência. Foi político, poeta e conferencista. Pintor autodidata. Patrono da cadeira nº 15 da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina, fundada pelo prof. Ivo A. Kuhl e ocupada pelo Dr. Luiz Lavinsky. Possui as seguinte publicações: “Revelações de um Médico”, Porto Alegre (1954); “Poesias satíricas”, Revista A Academia, com o pseudônimo de Blastoma dos Anjos, RJ (1930); “Evolução histórica do médico”, IBID, v. 3, fasc. 18, jul./ago, 1947. “César Sartori, o Médico e o Homem”, conferência em Lajes (1958); “O médico: uma análise dialética”, UFRGS, mar. (1961); “A Pensão de Dona Sinhá”, romance inédito; “Miss Mac Gill e os Cinco Companheiros”. Casou-se com Anita Ribeiro, em 1931, com quem teve cinco filhos: Cesar, Claudio, Miriam, Clarício e Moema. Em 1959, já viúvo, casou-se com Selma Gaertner.

http://antoniovalsalva.blogspot.com/2010/06/prof-cesar-avila.html

http://academiademedicinars.com.br/cadeiras/cesar-augusto-da-costa-avila/

;