LISBOA, Carlos

Natural de Porto Alegre, 16 de junho de 1859 - 1888. Filho do comendador Francisco Pereira da Silva Lisboa (que participou da fundação do Hospital Beneficência Portuguesa) e de Juliana de Azambuja Lisboa. Diplomou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 22 de dezembro de 1881, defendendo tese na área de cardiologia. Exerceu cargos de delegado especial da Inspetoria Geral de Instrução Pública no Estado do RJ e no RS, e foi Diretor do Lazareto de variolosos durante epidemia em 1882. Também foi sócio benemérito da Sociedade da Beneficência Portuguesa de Porto Alegre. Por fim, foi o primeiro diretor do Hospital Psiquiátrico São Pedro, em Porto Alegre (RS), entre 1884 e 1888. É considerado patrono da psiquiatria sul-riograndense, pelo seu trabalho de assistência a doentes mentais.

Walmor J. Piccinini. História da Psiquiatria- O Asilo Terapêutico, uma experiência brasileira. (Apreciação do Relatório do Dr. Carlos Lisbôa à Direção da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, em 1884).(II). In Part of the Internacional Journal of Psychiatry. Junho de 2009 - Vol.14 - Nº 6. http://www.polbr.med.br/ano09/wal0609.php

https://www.scielo.br/pdf/rprs/v29n2/v29n2a01.pdf

;