LOUZADA, Agrippino

Natural de Dom Pedrito (RS), 1 de janeiro de 1885. Fez seus estudos primários e secundários no Ginásio Pelotense, em Pelotas (RS). Diplomou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1912, defendendo a tese “Hematologia na Decomposição”. Dedicou-se à Clínica Geral. Frequentou o serviço de Profilaxia da Febre Amarela sob a direção do prof. Oswaldo Cruz. Foi interno do serviço de pediatria do prof. Fernandes Figueira de 1909 a 1912 e da Policlínica do Rio de Janeiro sob a direção do prof. Aloísio de Castro, entre 1912-1913. Exerceu a profissão na cidade de Rosario (RS). Casou-se com Etelvina Martins Louzada, com quem teve uma filha: Helena Louzada de Vasconcellos.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943. p. 525 - 526.

;