MENEZES, Dardo

Natural de Uruguaiana (RS), 17 de abril de 1915. Fez o primário e secundário no Ginásio Santana em Santa Maria (RS) e no Ginásio Rosário, em Porto Alegre (RS). Iniciou o curso de Medicina na Faculdade de Medicina de Porto Alegre, transferindo-se para o Rio de Janeiro. Diplomou-se pela Faculdade Fluminense de Medicina, em 1937. Especializou-se em Dermatologia e Venereologia. Realizou viagens de estudos ao Rio de Janeiro, São Paulo. Fez curso de aperfeiçoamento no Serviço de Dermatologia da Universidade de São Paulo, com o Professor Aguiar Pupo. Fez o curso de Tracoma e Lepra do Departamento Estadual de Saúde. Fez o curso de Parasitologia com o Prof. Cezar Pinto e de Dermatologia com o Prof. Parreira Horta. Participou do Congresso Médico da Fronteira. Foi interno do Serviço de Tracoma do Dispensário São Vicente de Paula em Niterói (RJ); Foi assistente do Serviço de Tracoma do Dispensário São Vicente de Paula em Niterói (RJ). Em 1940 retornou para Uruguaiana (RS) para atuar como médico assistente do Serviço de Moléstia da Pele da Santa Casa de Caridade de Uruguaiana (RS); Assumiu o dispensário de Lepra e Doenças Venéreas do Centro de Saúde Modelo de Uruguaiana (RS), exerceu a chefia do posto de saúde por 30 anos. Foi laboratorista e médico chefe do Posto de Higiene de Uruguaiana. Há uma rua na cidade de Uruguaiana (RS) que tem o seu nome “Doutor Dardo Menezes”, no bairro Santo Inácio. Foi o primeiro médico a exercer a Dermatologia no interior do RS. Publicou: “Aspectos epidemiológicos e clínicos da lepra em Uruguaiana” In: Rev. bras. Leprol ; 27(4): 192-212, out.-dez. 1959; “Comentários e sugestões de uma campanha anti-leprótica, baseados em nossa experiência de 21 anos no dispensário de Uruguaiana”. In: Rev. bras. Leprol ; 27(3): 144-153, jul.-set. 1959. “Influência da calmetização na mutação da lepra indiferenciada para tuberculóide reacional”. In: Rev. bras. Leprol ; 27(2): 93-99, abr.-jun. 1959. “Lepromino-reação em doentes e comunicantes de lepra no município de Uruguaiana (Rio G. do Sul): observação de 4 casos de viragem do Mitsuda pelo BCG / Lepromin-reaction in patients and contacts of leprosy in the municipality of Uruguaiana (Rio G. do Sul): study of 4 cases of turn of the BCG Mitsuda”. In: Rev. bras. Leprol ; 21(3): 195-202, set. 1953. Teve uma filha, Claudia (médica dermatologista).

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p. 536.

GOMES, Antonio Carlos Bastos. Notas históricas sobre a dermatologia no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora Bestiário, 2017.

https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/han-26138

https://sbdrs.org.br/sbdrs/historia-da-dermatologia-gaucha/

http://hansen.bvs.ilsl.br/textoc/revistas/brasleprol/1959/PDF/v27n2/v27n2a04.pdf

;