NORONHA, Francisco Assis Pereira de

Natural de Lisboa (Portugal), 23 de set. de 1823 - 30 de nov. de 1907, no Brasil. Formou-se médico na Europa aos 18 anos. Contudo, somente ao completar 21 anos recebeu o diploma médico. Conquistou o posto de oficial médico da Marinha Portuguesa. Chegando ao Brasil, fixou residência nas cidades de Campinas (SP) e Paraibuna (SP), onde se casou. Mais tarde transferiu-se com a família para Cruz Alta (RS). Em 1864 naturalizou-se cidadão brasileiro. Atuou como médico também em Ijuí. Exerceu sua profissão por 50 anos, como médico humanitário. Tornou-se uma figura muito popular, posto que seus tratamentos consistiam basicamente de receitas homeopáticas. Tinha como hobbie o cultivo de flores.

Decreto nº 1.235, de 19 de set. de 1864 - Carta de Naturalização de Cidadãos Brasileiros aos Portugueses. Coleção de Leis do Império do Brasil - 1864, Página 65 Vol. 1 pt. I. In: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1824-1899/decreto-1235-19-setembro-1864-554787-norma-pl.html

DROPPA, Alison. A história da colônia Ijuhy: a acusação de alcoólico como uma forma de preconceito. In: ESTUDIOS HISTÓRICOS – CDHRPyB- Año VIII - Diciembre 2016 - Nº 17 – ISSN: 1688 – 5317. Uruguay. ttp://www.estudioshistoricos.org/17/eh1706.pdf

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
;