OLIVEIRA, Olímpio Olinto de

Natural de Porto Alegre (RS), 5 de janeiro de 1865 - 22 de maio de 1956, no Rio de Janeiro. Filho de João Olinto de Oliveira e Matilde das Chagas Oliveira. Formou-se em medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1887, com a tese “as paralisias na infância”. Quando estudante foi discípulo do Professor Moncorvo e estagiou na Policlínica do RJ. De volta a Porto Alegre (RS) participou da fundação da Faculdade de Medicina. Especializou-se em pediatria. Integrou o primeiro quadro de docentes da Faculdade de Medicina de Porto Alegre (RS), como professor de Química Biológica e de Pediatria, chegando a diretor da mesma instituição entre os anos 1910-1913. Criou o instituto Pasteur – para tratamento preventivo da Raiva e o Instituto Oswaldo Cruz. Em 1890 fundou o dispensário de crianças da Santa Casa da Misericórdia de Porto Alegre. Clinicava, ainda, no Serviço de Crianças da Santa Casa da Misericórdia de Porto Alegre. Dedicou-se com obstinação e pioneirismo à formação de pediatras e à implementação de políticas públicas de proteção da criança. No Rio de Janeiro, participou com Fernandes Figueira da fundação da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), em 1910. Musicista e crítico de arte, foi co-fundador e 1º presidente da Academia Rio-Grandense de Letras, em 1901 ocupando a cadeira nº 26, e fundador do Instituto Livre de Belas Artes, em 1906. Tinha, ainda, uma coluna no “Correio do Povo” de Porto Alegre, com o pseudônimo de Maurício Bohn. Em 1918 transferiu-se para o Rio de Janeiro, atuando no Hospital Artur Bernardes, hoje Instituto Fernandes Figueira, onde atendia crianças e formava pediatras. No final dos anos 20, criou com Américo Augusto o periódico “Arquivos de Pediatria”. Esta revista científica chegou a ter uma circulação mensal, tratando de temas relacionados com a clínica, a higiene infantil e a puericultura em geral. Com a morte de Fernandes Figueira (1928), Olinto de Oliveira assumiu a presidência da Sociedade Brasileira de Pediatria em 1928, 1929 e 1932. Na oportunidade, fez a reforma do estatuto da Sociedade e dinamizou o “Jornal de Pediatria” – órgão oficial da entidade. Foi Chefe da Inspetoria de Higiene Infantil. Em 1933, convocou e presidiu a “Conferência Nacional de Proteção e Assistência à Infância”, quando os pediatras e sanitaristas brasileiros presentes fizeram sugestões ao governo em relação à saúde infantil. E, em 1939, instituiu a “Semana da Criança”, movimento anual de propaganda e ensinamento, destinado a promover, em todo o Brasil, o interesse pela criança e os meios de protegê-la. No ano seguinte, esta inspetoria foi transformada na Diretoria de Proteção e Assistência à Infância. Em 1940 criou e dirigiu o “Departamento Nacional da Criança”. Seu objetivo era normatizar nacionalmente o atendimento ao binômio mãe-filho e combater a mortalidade infantil. Projetou para este departamento representações nos diversos estados da federação: os “Departamentos Estaduais da Criança”. Além disso, organizou os “Cursos de Puericultura e Administração”, destinados à formação de puericultores nos serviços regionais. Este curso era ministrado no Hospital Artur Bernardes, atual Instituto Fernandes Figueira, da Fundação Oswaldo Cruz (RJ). Sua produção científica reúne artigos sobre pediatria, higiene e assistência à infância em periódicos científicos brasileiros, franceses e italianos, que traduzem sua interlocução internacional. Foi membro honorário da Academia Nacional de Medicina, da Academia Americana de Pediatria e da Sociedade de Pediatria de Paris. Recebeu homenagem, em 1953, no Livro de Mérito dos Grandes Vultos Nacionais. Também foi indicado Patrono da Cadeira nº 4 da Academia Brasileira de Pediatria. Em 1889, casou-se com Maria Emília Pereira da qual teve sete filhos: Ester, Carlos, Silvio, Jorge, Paulo, Mário (médico e especialista em pediatria) e Décio.

http://academiademedicinars.com.br/cadeiras/olympio-olinto-de-oliveira/

https://www.sbp.com.br/capa-teste/institucional/academia-brasileira-de-pediatria/patronos-e-titulares/olympio-olinto-de-oliveira/

https://pt.wikipedia.org/wiki/Olinto_de_Oliveira

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
;