ORCY, Francisco

Natural de Uruguaiana (RS), 11 de janeiro de 1891. Fez os estudos primários e secundários no Colégio União e Ginásio Júlio de Castilhos, em Porto Alegre (RS). Diplomou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro, defendendo a tese: “Da Angina de Peito no Tabagismo”. Especializou-se em Cardiologia e Eletrocardiografia. Empreendeu viagens de estudos a Buenos Aires, Montevidéu, Rio de Janeiro e São Paulo, realizando curso de Cardiologia, no Hospital Municipal, sob direção do Prof. Dante Parquese, e curso de Parasitologia com o Prof. Cezar Pinto. Participou do Congresso Médico de Porto Alegre e do 1º Congresso Médico da Fronteira, celebrado em Santana do Livramento (RS). Dentre os trabalhos publicados, destacam-se: “Da Angina de Peito no Tabagismo”, “Sobre um caso de tetralogia de Fallot”, em colaboração, "Distúrbios eletrocardiográficos na Doença de Chagas”, e “Incidência das cardiopatias em nosso meio escolar e suas projeções escolares”. Membro correspondente da Sociedade de Medicina de Santa Maria (RS). Foi presidente da Sociedade de Medicina de Uruguaiana (RS). Foi Diretor do Hospital de Caridade de Uruguaiana (RS). Casou com Carmem Peró Orcy, de cujo matrimônio tem as filhas Carmem e Wilma.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.546.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
;