PIRES, Carlos Fonseca

Natural de Porto Alegre (RS), 9 de maio de 1908. Fez os estudos primários na antiga Escola Normal e os secundários no Instituto Ginasial Júlio de Castilhos, da capital riograndense. Formou-se pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre, em 1933. Especializou-se em Radiologia, tendo, também, feito Curso de Extensão de Tisiologia, sob a direção do Dr. Cesar Ávila. Desempenhou as funções de interno do Serviço de Radiologia da Santa Casa de Misericórdia, sob a direção do Professor Saint Pastous, durante cinco anos; foi interno da Clínica Médica, sob direção do Dr. Sarmento Leite Filho, e da Maternidade Dr. Mário Totta, no mesmo estabelecimento de assistente do Serviço de Radiologia da Santa Casa de Rio Grande, de 1934 a 1939; de professor de História Natural do Ginásio Lemos Junior, e de assistente do Dispensário Infantil Dr. Duprat da Silva, ambos de Rio Grande (RS); e de médico do serviço de Radiologia anexo à cadeira de Ortopedia e Cirurgia Infantil da Universidade de Porto Alegre. Exerceu cargos de Diretor do Serviço de Radiologia do Sanatório Belém, localizado em Porto Alegre, e do Instituto de Radiologia da cidade de Carazinho (RS), onde exerceu as atividades profissionais. Foi casado com Yolanda de Carvalho Pires, tendo de seu matrimônio os filhos: Paulo e Myrian.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943. p. 553.

https://www.ufrgs.br/famed/index.php/informacoes-academico-medicina/formados/72-decada-de-1930

;