BARROSO, Moacir Carlos

Natural de Barra do Piraí (RJ), 8 de maio de 1911. Fez os estudos primários em Piraí (RJ) e os secundários no RJ. Diplomou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1933. Especializou-se em Cardiologia, apresentado às sociedades médicas, eletrocardiógrafo com inovações de sua invenção. Fez viagens de estudos a Buenos Aires, frequentando os cursos dos Profs. Pedro Carneiro e T. Padilha. Ex-assistente do Prof. Leitão da Cunha na cadeira de Anatomia Patológica da Fac. de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro, ex-interno e ex-assistente do serviço de Urologia da Fundação Gaffrée e Guinle e do Prof. Rocha Vaz. Atuou como 1º Tenente-Médico, com curso da Escola de Aplicação do S; S. do Exército de 1934-1935. Exerceu clínica em Uruguaiana (RS). Dentre os trabalhos publicados, destaca-se: “Exteriorização estetoacústica e complementar da lesão mitral reumática”; “Infecção Reumática e Cardite Reumática”; “O neosalvarsan. In: Arquivos Rio-Grandense de Medicina, Vol. 20, nº3, 1940”; “Exteriorização esteto-acustica e complementar da lesão. In: Arquivos Rio-Grandense de Medicina, Vol. 20, nº3, 1942”; Também escreveu sobre “as cardiopatias nas escolas de Uruguaiana (RS)”. Casou com Taceli Abreu Barroso, de cujo matrimônio tem um filho, José Carlos.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p. 485.

https://seer.ufrgs.br/riograndemed/article/view/34810 

https://seer.ufrgs.br/riograndemed/article/view/34797

;