SALÁNKY, José

Natural de Szabadka (Hungria), a 20 de março de 1904. Estudou no Ginásio Municipal de Szeged. Diplomou-se em Medicina pela Real Universidade de Budapeste. Especializou-se em Clínica Geral, Cirurgia e partos. Em Budapeste, na Universidade, frequentou os cursos dos Prof. Verebély, Krepuaka. Burger e Korangi. Foi assistente do Prof. Országh, diretor do Sanatório "Rainha Ella Beth", em Budapeste. Estabeleceu-se em Quaraí (RS), exercendo o cargo de diretor médico do hospital de caridade. Transferiu-se para Porto Alegre (RS) e trabalhou na Enfermaria de Urologia da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Foi um dos fundadores da OSPA, em novembro de 1950. Tocava violino participando de vários grupos de músicos amadores. Participou do 1° Congresso da Fronteira, em Santana do Livramento, em 1941, apresentou o trabalho sobre: "Um caso raro de gravidez dupla”. Casou-se com Maria Odila Medeiros de Salánky.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943. p.560

PREGER, Claus Michael. Médicos alemães, húngaros e austríacos no Rio Grande do Sul. In: QUEVEDO, Éverton; POMATTI, Angela Beatriz. Museu de História da Medicina - MUHM: um acervo vivo que se faz ponte entre o ontem e o hoje. Porto Alegre: Evangraf, 2016, p. 129.

;