SANTOS SOUZA, Serafim dos

Natural de Bagé (RS), 13 de janeiro de 1889. Falecido em sua cidade natal. Filho de Serafim Santos Souza, homônimo, que fez a Guerra do Paraguai e era farmacêutico e poeta. Santos Souza iniciou os estudos com o Professor Júlio de Mello, em Bagé, e os continuou no Ginásio Nossa Senhora da Conceição, em São Leopoldo (RS). Bacharelou-se pelo Ginásio Júlio de Castilhos, de Porto Alegre (RS). Formou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro. Foi clínico em Bagé, onde ocupou a Diretoria de Higiene e foi Delegado de Saúde do Estado. Também foi inspetor federal do ensino secundário na cidade. Autor de livros e colaborações jornalísticas em prosa e em verso, era mestre no uso da ironia na crítica social. Publicou: Valor Clínico das Albuminas, tese de doutoramento. Livros publicados e colaboração assídua no Correio do Sul, de Bagé. Casou-se com Julieta Santos Souza, e tiveram os filhos Ary, Guaracy, Jacy, Jurema e Juty.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943. p.562.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
;