SARMENTO BARATA, Luiz Soares

Natural de Porto Alegre (RS), 22 de janeiro de 1904 – Porto Alegre (RS), 8 de maio de 1967. Formou-se pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre, em 1932. Passou por várias atividades até fixar-se como urologista e ocupar a cadeira na escola em que se formou. Organizou e foi o primeiro diretor do Hospital de Pronto Socorro de Porto Alegre. Político, foi Superintendente do Ensino Secundário e titular da Secretaria da Educação, caracterizando sua atividade pela defesa do ensino gratuito. Organizou, no governo Walter Jobim, a Secretaria da Saúde. Prestou concurso para Docente-livre em 1935, classificando-se em primeiro lugar. Foi, mais tarde, escolhido para representar os docentes- livres junto ao Conselho Universitário da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Criou e dirigiu o Ambulatório de Urologia da Santa Casa, passando depois a ser Chefe de Clínica da Enfermaria 31 e em 1956 o seu Diretor. Em 1951, viajou para os Estados Unidos, onde estudou na Michigan University, com o Dr. Reed Nesbit, um dos mestres da cirurgia endoscópica. Foi diretor do Hospital São Francisco da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, onde ocupou também o cargo de Provedor. Participou da instalação da Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre, atual Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, tendo sido o organizador do Serviço de Urologia. Foi presidente da Sociedade de Medicina de Porto Alegre e teve intensa participação no Conselho Regional de Medicina, no Sindicato Médico e na Associação Médica do Rio Grande do Sul. Fundou Departamento de Urologia da AMRIGS e foi o primeiro presidente. Entre as obras publicadas destacamos: “Medicina e humanismo”, aula inaugural na Faculdade de Medicina em 1962. Editou a revista Urologia, que foi a primeira a surgir no país dentro da especialidade. Deixou muitos trabalhos científicos e de divulgação, tanto em Medicina quanto no Ensino. http://academiademedicinars.com.br/cadeiras/luiz-soares-sarmento-barata/
;