BEHRENDT, Rudolfo

Natural de Breslau (Alemanha) 1904-1979. Formou-se em Medicina pela Universidade de Berlim. Revalidou seu diploma de medicina na Faculdade de Medicina da UFRGS em 1959. Ex assistente da Clínica de Olhos da Universidade de Berlim. Foi Chefe de Clínica de Olhos do Hospital Santa Elisabeth em Berlim. Transferiu-se para o Brasil, primeiramente para o Rio de Janeiro com sua família e irmã Catarina, que atuava como enfermeira em seu consultório. Atuou como médico oftalmologista e cirurgião, associado com o Dr. Atílio Capuano, que também era Otorrino. Trabalharam juntos no consultório da Rua da Praia no Edifício Krahe. Por ocasião da perseguição aos imigrantes alemães, foi detido e teve seus livros, revistas científicas de idioma alemão confiscados, assim como seu rádio, aparelhos e instrumental de fabricação alemão confiscados, sendo liberado após dar explicações que não compactuava com as ideias nazistas. Gostava de nadar e velejar no Guaíba sendo sócio do Clube Veleiros dos Sul, em Porto Alegre (RS). Seu filho Thomas Behrendt se formou em Medicina na UFRGS em 1956.

http://memoria.bn.br/pdf/093726/per093726_1940_00062.pdf

https://www.ufrgs.br/famed/index.php/informacoes-academico-medicina/formados/74-decada-de-1950

PREGER, Claus Michael. Médicos alemães, húngaros e austríacos no Rio Grande do Sul. In: QUEVEDO, Éverton; et al. Museu de História da Medicina - MUHM: um acervo vivo que se faz ponte entre o ontem e o hoje. Porto Alegre: Evangraf, 2016, p.136.

;