SIMÕES Pires, Adauto

Natural de Dom Pedrito (RS), 23 de Dezembro de 1900. Fez, em Bagé (RS) e Porto Alegre (RS), a carreira escolar, doutorando-se pela Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro, onde defendeu a tese: "Gracdiose na infância e seu tratamento". Especializou-se em Pediatria. Foi interno do Hospital Pró-Matre do Rio de Janeiro e da Clínica Pediátrica da Faculdade de Medicina, da mesma cidade. Desempenhou as funções de Médico-auxiliar da Casa de Saúde Beneficência Portuguesa de Bagé (RS), onde exerceu as atividades profissionais. Casou-se com Diva Chaves Simões Pires, de cujo matrimônio teve os seguintes filhos: Miriam, Mircea, Gláucia, Gilka e David e Adauto.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.568

https://www.youtube.com/watch?v=f_YxPe9WIwk

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
;