SISSON Filho, Augusto Maria

Natural do Rio de Janeiro, 15 de novembro de 1894 - 1982. Filho de Augusto Maria Sisson (general do exército) e Alice Maria de Araújo Sisson. Seu avô paterno foi o litógrafo Sébastien Auguste Sisson (Francês). Diplomou-se pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1919. Especializou-se em Tisiologia, exercendo a profissão em Porto Alegre (RS), e em Alegrete (RS). Com 77 anos, transferiu-se de Porto Alegre (RS) para Altamira (Amazônia) e atuou como médico contratado do INCRA na Transamazônica. Também realizou pesquisas sobre a malária e um levantamento sobre todas as espécies de mosquitos transmissores da moléstia. Jogou pelo Grêmio (RS) de 1912 a 1916 e pelo Flamengo (RJ) de 1916 a 1921. Em 1920 recebeu o título por equipe pelo Campeonato Carioca. Foi o 2° Vice-presidente do Guarany Futebol Club de Alegrete em 1927. Também foi campeão brasileiro de hóquei sobre patins e conquistou o campeonato de tênis no RS em 1915. Recebeu a condecoração da “Ordem do Rio Branco”. Casou-se em primeiras núpcias com Zaida Antunes Sisson e tiveram 5 filhos: Augusto Maria Sisson Filho; Zaída Antunes Sisson; Arnaldo Sisson; Francisca Sisson; Antonio Augusto Sisson. E em segundas núpcias com Maria Radetzki, teve 3 filhos: Maura Regina Radetzki Sisson; Gustavo Augusto Radetzki Sisson; Arnaldo Augusto Radetzki Sisson.

Instituto Sébastien Sisson - Barbara Ferreira - Gestora Cultural, Instituto Sébastien Sisson (informações fornecidas)

https://sebastiensisson.org/

https://familiasisson.wordpress.com/biografias/augusto-maria-sisson-filho/

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Rio-Grandense. Síntese Cultural e Histórica. Progresso e Evolução da Medicina no Estado do Rio Grande do Sul. S. Paulo: Ramos, Franco Ed., 1943, p.569.

;