SOUZA, Álvaro Tavares de

Natural de Rio Grande (RS), 20 de janeiro de 1901 - 1986, no Rio de Janeiro. Filho de Abílio Chaves de Souza e Marieta Tavares de Souza. Estudou o primário no Colégio Ernst, em Rio Grande (RS), o secundário no Ginásio Júlio de Castilhos, em Porto Alegre (RS), concluído em 1918. Iniciou o curso de Medicina na Faculdade de Medicina de Porto Alegre, estudando até o 4º ano, em 1922, transferindo-se para a Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, diplomou-se em 1924, defendendo a tese “Profilaxia da Infecção Puerperal”. No ano seguinte ingressou, por concurso, na Fundação Gaffrée-Guinle, Rio de Janeiro, como médico assistente do Serviço de Sífilis e Moléstias Venéreas, alcançando os cargos de chefe da clínica e chefe do Serviço de Ginecologia. Entre 1931 e 1938 foi chefe do Serviço Médico da Casa de Correção do Distrito Federal (na época no RJ). De 1941 a 1942 chefiou o Serviço de Alimentação da Previdência Social, órgão assistencial do governo voltado para a alimentação e saúde dos trabalhadores. Nesse cargo dedicou-se à educação alimentar através dos meios de comunicação de massa, utilizando, para isso, programas de rádio e exposições. Foi chefe do Serviço de Higiene Pré-Natal do Departamento Nacional da Criança, no Rio de Janeiro. Foi Professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Brasil, no Rio de Janeiro. Especializou-se em ginecologia. Dedicou-se também à medicina esportiva, atuando como médico da delegação do Brasil nas Olimpíadas de Los Angeles, em 1932, diretor do Serviço Médico da Liga Carioca de Atletismo, entre 1934 e 1937, diretor do Serviço Médico da Federação Brasileira de Atletismo, no mesmo período, e membro da Federação Metropolitana de Futebol, de 1942 a 1950. Em 1927 participou da fundação do Sindicato Médico Brasileiro, do qual foi membro do Conselho Deliberativo, da Comissão Executiva e da Diretoria, além de presidente da instituição de 1938 a 1941. Ainda nesse ano, assumiu a presidência do Sindicato dos Médicos do Rio de Janeiro – nova denominação do sindicato nacional –, onde se manteve até 1951. Após encerrar suas atividades junto ao sindicalismo médico, presidiu o Conselho Federal de Medicina no período de 1952 a 1959. Foi membro de associações médicas e cívico-culturais, como a Sociedade Brasileira de Ginecologia, a Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro, a Liga Brasileira de Higiene Mental, a Sociedade Sul Rio-Grandense, a Liga de Defesa Nacional, o Centro Brasileiro de Estudos Biográficos e a Sociedade Brasileira de Escritores Médicos. Publicou: Profilaxia da Infecção Puerperal, tese, Rio de Janeiro, 1924. Organização dos Serviços Médicos da Casa de Correção do Distrito Federal. Pauta de Alimentação: Da Necessidade do Regime Alimentar na Prática do Desporto. Aspectos Heróicos da Revolução Farroupilha, conferência na Sociedade Sul-Rio-Grandense do Rio de Janeiro, 20 set. 1969. Realizou curso de Especialização nos EUA, em 1932.

http://basearch.coc.fiocruz.br/index.php/alvaro-tavares-de-souza

;