ALVIM, Álvaro Villalba

Natural de Vassouras (RJ), 16 de abril de 1863 - maio de 1928, Rio de Janeiro. Filho de Carlos Freire de Villalba Alvim e Mariana de Carvalho Villalba Alvim. Iniciou seus estudos na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro e diplomou-se pela Faculdade de Medicina da Bahia, em 20 de abril de 1887, com a tese “Febre Typhoide”. Exerceu a clínica médica até o ano de 1896, no início em Botafogo (RJ), onde residia, e depois em toda a cidade do Rio de Janeiro. No ano de 1896, partiu para a França, e em Paris especializou-se em Medicina Física, trazendo para o Rio de Janeiro os aparelhos para a montagem de seu consultório de Fisioterapia. Retornou a Paris, para especializar-se em Medicina Física. Foi discípulo do Dr. Blecaire e do Dr. Bellot e interno do Hospital “Saint Louis” e “Saint Antonie” de Paris. Retornado ao Brasil, iniciou as práticas médicas descobertas em Roentgen, usando equipamentos e tecnologias desenvolvidas por Marie Curie, em Paris. Foi o primeiro médico a instalar um aparelho de raios X no Rio de Janeiro, em 1897, importado da Europa, introduzindo a prática da radiologia no Brasil. Foi um entusiasta da medicina física e pioneiro da eletroterapia, da radiologia e da radioterapia no Brasil. Fundou e dirigiu entidades como as de Assistência às Crianças Pobres do Instituto de Eletricidade e do Instituto de Eletrologia e Radiologia. Também foi o primeiro a radiografar o caso de xipófagas no mundo em 1897 que foram separadas pelo cirurgião Eduardo Chapot Prévost. Foi condecorado pelo presidente da República Artur Bernardes com a Medalha Humanitária. Foi Membro da Academia Nacional de Medicina. Publicou: A Eletricidade perante a Medicina. A Medicina que Cura, A Cura do Cancro no Brasil. Casou-se com Laura Paglia Agostini Alvim, com quem teve três filhos: Mariana, Álvaro e Laura, filha mais nova de era atriz e protetora das artes sonhou em transformar a mansão dos pais, em um grande centro cultural, fato que ocorreu dois anos depois de sua morte, criando-se a Casa de Cultura Laura Alvim.

 

DI RUSSO, Berlane. Nome de Rua - Personagens e Lugares das Ruas de Porto Alegre. Porto Alegre: EST Edições, 2002, p.20.

LAITANO, Genaro; LAITANO, Nicolau; Ruas de Porto Alegre: MÉDICOS HOMENAGEADOS com seus nomes. Porto Alegre: EST Edições, 2017. p. 22-24.

Arquivo da Câmara de Vereadores de Porto Alegre e Dicionário Bibliográfico Brasileiro. Autor: F. Velho sobrinho; Anais do Instituto de Eletricidade Médica; Wikipédia - a enciclopédia livre.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
;