CAMPANI, Cyrio Carlos

Natural de Porto Alegre (RS), nascido em 2 de maio de 1908. Iniciou os estudos primários no Ginásio Farroupilha, e o curso de humanidades, em regime de exames parcelados, nos cursos dos profs. Meyer e Alberto de Brito. Diplomou-se pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre, em 1932, dedicando-se à Cirurgia e Clínica Geral. Foi interno das Enfermarias dos Professores Moisés de Meneses e Guerra Blessman (1928-1930); ex 1° Tenente Médico do 7° B. A. da Brigada Militar e ex-médico municipal de Lajeado (RS). Em 14 de setembro de 1933, inaugurou o Hospital de Forquetinha, em Lajeado (RS). Em 1935, se transferiu para Cruzeiro do Sul (RS). Também foi presidente do Clube Recreativo União, em 1936. Atuou como médico de Lajeado (RS) exonerado e 1936. Casou-se com Erna Heller Campani e teve o filho Pedro Frederico Oscar.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.492-493.

SCHIERHOLT, José Alfredo. À sombra de plátanos: história da saúde do vale do Taquari. 2ª ed. Lajeado: Evandraf, 1997, p.188.

;