CANSTATT, Oscar Emil Arthur

Natural de Ansbach (Alemanha), 20 de outubro de 1842 – 13 de agosto de 1911, em Landkreis Sonthofen, Alemanha. Chegou ao Brasil em 1867, naturalizou-se brasileiro em Porto Alegre (RS) em 21 de outubro de 1869. Foi diretor da Colônia de Montalverne. Voltou para Alemanha e se instalou em München. Cerca de 1895 vivia como escritor em Wiesbaden. Publicou muito na imprensa alemã sobre suas vivências sul-rio-grandenses. Foram assuntos: a terra e a gente, geologia, botânica, os Muckers, a Guerra Guaranítica, caçadas, viagens por rios e a cavalo, aspectos da cozinha e o dia-a-dia numa colônia. Foi um entusiasta da continuação da emigração alemã para o sul do Brasil. Casou em Santa Cruz do Sul (RS) em 1870, com Emma Caroline Trein. Bibl.: Brasilien. Land und Leute. Von Oscar Canstatt. Mit 13 Holzschnitten und 13 Steindrucktafeln, zum Theil nach Originalaufnahmen von Dr. R. Canstatt. Berlin, Ernst Siegfried Mitler & Sohn, 1877, XIII-456 p., 13 pl. (traduzido por Eduardo de Lima Castro. Rio de Janeiro, Irmãos Pongetti, 1954, 420p.). Repertório Crítico da Literatura Teuto-Brasileira, Rio de Janeiro, Editora Presença, 1967, 294p. Também tradução de Eduardo de Lima Castro e prefácio de Abeillard Barreto.

https://gen-db.heuser.pro.br/pt/getperson.php?personID=I14852&tree=heusers

https://www2.senado.leg.br/bdsf/bitstream/handle/id/1066/632256.pdf?sequence=4&isAllowed=y

;