CAPUTO, Felix Antônio

Natural de Pelotas (RS), 18 de set. de 1901 - 17 de abril de 1975. Realizou estudos no Ginásio Gonzaga. Formou-se pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre, em 1925, com a tese ‘’Apendicectomia’’. Especializou-se em Cirurgia Abdominal, fez cursos de especialização em Hospitais de São Paulo e Rio de Janeiro. Foi interno da Clínica Médica na Santa Casa de Porto Alegre e Santa Casa de Pelotas. Exerceu na Santa Casa de Misericórdia de Pelotas (RS) os mais diversos cargos diretivos, tais como Chefe do recém criado Serviço de Raio X, médico do setor de Clínica Médica, Chefe do setor de Cirurgia Masculina, membro do Conselho Técnico e diretor de Cirurgia, sem nunca deixar de atender diuturnamente seus pacientes indigentes. Lançou o uso da anestesia local nas cirurgias do trato digestivo e fez a primeira cirurgia cerebral em Pelotas (RS) por volta de 1935 (Operação de Cushing). Foi membro da Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e Diretor do serviço de Cirurgia de Homens na Santa Casa de Pelotas. Participou do Congresso de Higiene, em Rio Grande (RS), em 1928. Publicou diversos trabalhos, destacam-se ‘’ Dous casos de Quisto Hidático do pulmão’’ e ‘’ Cisticercose calcificada’’. Foi homenageado com nome de rua na cidade de Pelotas.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.493.

Santa Casa de Pelotas. Boletim Informativo da Santa Casa de Misericórdia de Pelotas, Ano 1, n°1, Jan/Fev/Mar de 2008, p.1-2 “Grandes Vultos da Misericórdia”. In: https://silo.tips/download/pioneirismo-a-servio-da-medicina

;