CARNEIRO, José Fernando Domingues

Natural de Fortaleza (Ceará), 2 de mar. de 1908 - 11 de nov. de 1968. Filho de Benjamin de Araújo Domingues Carneiro e de Maria Menezes Carneiro. Fez o curso primário em Belém e o secundário no Colégio Anchieta de Nova Friburgo (RJ), e no Colégio São Joaquim em Lorena (SP). Iniciou o curso de Medicina em Salvador, na Bahia, diplomou-se pela Faculdade de Medicina da Universidade do Rio de Janeiro em 1931. Iniciou suas atividades profissionais no atendimento aos pacientes do IAPC no RJ. Em 1943 foi para Londres e passou a desempenhar suas atividades no Brompton Hospital. Também frequentou o Queen’s Cottage Hospital, especializando-se em Tisiologia. Retornou ao Brasil e reassumiu sua clínica no RJ. Participou da luta pela redemocratização do país e ajudou a fundar a Resistência Democrática, núcleo de intelectuais de várias correntes políticas buscando a volta da democracia. Em 1951, indicado por Raul Pilla, foi convidado pelo Professor José Carlos Milano para assumir a Cátedra de Tisiologia da Faculdade de Medicina da UFRGS em Porto Alegre (RS) e foi contratado como professor em 1954. Aprovado em concurso em 1960, passou a livre docente. Foi o grande responsável pela modernização do ensino e do tratamento na Pneumologia do RS e entusiasta da construção do Pavilhão Pereira Filho, na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (RS). Publicou grande número de artigos científicos, entre estes: “Tratamento da Tuberculose no Passado”, Anais da Faculdade de Medicina de Porto Alegre, 1931; Escreveu sobre assuntos tão diversos como a colonização alemã no RS, sobre a vida e obra do jornalista teuto-gaúcho “Karl von Koseritz”. Porto Alegre: Instituto Estadual do Livro, 1959; “Imigração e colonização no Brasil”. Rio de Janeiro: Universidade do Brasil, 1950; “O império e a colonização no sul do Brasil”. In: Fundamentos da cultura rio-grandense (4ª série). Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 1960, p. 59-96. É Patrono da cadeira nº 40 da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina, que tem como ocupante fundador o professor Nelson da Silva Porto. Casou com a enfermeira Joan Audrey Mary Carneiro. Mais tarde adotou duas crianças inglesas.

https://www.familysearch.org/wiki/pt/Alemanha,_Publica%C3%A7%C3%B5es

http://www.ufrgs.br/leiturasdacidade/oqler.php?idsecao=a60ce496dfcb76015d0f9b2aeac77470&&inic=18

http://academiademedicinars.com.br/cadeiras/jose-fernando-domingues-carneiro/

;