CASTRO, David

Natural de Recife, 2 de maio de 1915 - 5 de out. de 1980, Rio de Janeiro. Fez o primário no Ginásio Pernambucano em Recife. Iniciou o curso de Medicina na Faculdade da Bahia, transferindo-se para a Escola de Medicina e Cirurgia do Instituto Hahnemanniano, do RJ, formando-se em 1938. Especializou-se em Clínica Homeopática de Adultos e Crianças. No RJ realizou o curso de aperfeiçoamento em: “Alimentação no Brasil” com o Professor Rubens de Siqueira; “Pediatria” com o Professor Flávio Lombardi; “Técnica Cirúrgica e Ortopedia Infantil” com o Professor Buarque Lima; “Clínica Obstétrica” com o Professor Jorge de Rezende; “Homeopatia” na Escola de Medicina e Cirurgia do Instituto Hahnemanniano; “Radiologia Clínica” com o Professor Vieira Romeiro; Frequentou ainda cursos de extensão no RJ: “Protozoários Patogênicos” com o Professor Abdon Lins; “Endocrinologia” com o Professor Peregrino Junior; “Cirurgia de Estômago” com o Professor Velho da Silva; “Dietética Infantil” com o Professor Cezar Pernetta e Lages Neto; “Técnica de Laboratório” com o Professor Abdon Lins; “Diabetes” com o Professor Annes Dias; “Alergia” com o Professor Helion Povoa; “Electrocardiografia Clínica” com o Professor Oscar Ferreira Junior. Desempenhou as funções de interno, por concurso, da Clínica Pediátrica e da Clínica Obstétrica e as de assistente da Clínica Pediátrica e Higiene Infantil e da Clínica Homeopática, da Escola de Medicina e Cirurgia do Instituto Hahnemanniano. Publicou: “Considerações sobre as disenterias e alguns aspectos do seu tratamento”. Foi colaborador da Imprensa Rio-Grandense. Foi sócio e membro da diretoria do Instituto Hahnemanniano do Brasil, membro da Associação Paulista de Homeopatia, Membro correspondente das Associações de Homeopatia da Argentina, México, Peru, Chile e Estados Unidos, da América do Norte; Foi Diretor e Fundador da Liga Homeopática do RS em 1941, realizando palestras radiofônicas na Rádio Farroupilha, replicada semanalmente no Diário de Notícias sob o título "Pílulas Homeopáticas. Posteriormente, publica "Gotas Homeopáticas" na Folha da Tarde e "Coluna Homeopática" no Jornal Correio do Povo. Foi sócio efetivo da Sociedade de Medicina de Porto Alegre (RS). Em 1941 participou do 1° Congresso Nacional de Tuberculose realizado em Porto Alegre (RS). Atuou como médico em Porto Alegre (RS) desde 1941. Auxiliou na construção de três dispensários homeopáticos, inauguração de monumentos em praças públicas e realização de congressos homeopáticos em Porto Alegre. Entre os quais o IVº Congresso Brasileiro de Homeopatia (CBH), oficializado pelo Governo do Estado do RS com o lançamento do primeiro selo postal mundial com tema homeopático - homenagem ao centenário do nascimento de Licínio Cardoso. Também foi editor do Boletim de Homeopatia, órgão oficial da LHRS, e publicado regularmente de 1941 a 1963. Em 1955, transfere residência para o Rio de Janeiro, onde torna-se titular da cadeira de homeopatia (facultativa) da Escola de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro e publica crônicas dominicais no Correio da Manhã. Em 1959 apresentou moção da LHRS ao 7º CBH para criação do Dia da Homeopatia no Brasil em 21 de novembro. Participou de diversos congressos internacionais como representante brasileiro, inclusive do Ministério da Saúde, divulgando a homeopatia brasileira pelo mundo. Em 1961 tornou-se Presidente da Associação Paulista de Homeopatia (APH) estimulando a implantação de monumentos à homeopatia no Rio e em São Paulo. Publicou diversos livros, entre os quais “Homeopatia - Terapêutica Positiva" (1944), "Homeopatia por dentro e por fora" (1959) e "Homeopatia e Profilaxia" (1978), além da revisão da tradução da sexta edição alemã do "Organon" de Hahnemann, que o Grupo de Estudos Benoit Mure editou em São Paulo. Fundou a Editorial Homeopática Brasileira (1963). Casou com Ruzy castro, com quem teve 3 filhos.

http://www.ligahomeopaticars.com.br

https://www.bentomure.com.br/david-castro#:~:text=Nascido%20em%20Recife%20%2D%20Pernam buco%20aos,Rio%20Grande%20do%20Sul%20%2D%201941.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.495.

;