ALVES, Protásio Antônio

Natural de Rio Pardo (RS), 21 de março de 1859 - 05 de junho de 1933. Filho de Protásio Alves e Cândida Pessoa Alves. Formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do RJ em 1881, com a tese "Paralelo entre a divulsão e a uretrotomia interna". De 1883 a 1885 especializou-se na Europa, estudando em Viena, Berlim e Paris. Em Viena estudou cirurgia com Theodor Billroth. Especializou-se em ginecologia e obstetrícia. Fundador do Curso Livre de Partos onde lecionou em 1894 e depois dirigiu. Foi Professor Catedrático de Obstetrícia, foi o primeiro diretor da Faculdade Livre de Medicina e Farmácia de Porto Alegre, de 1898 a 1907. Como diretor presidiu a cerimônia de formatura da primeira turma de médicos da faculdade, composta por dez homens e uma mulher. Membro do PRR, foi eleito deputado à Assembléia Constituinte Estadual do RS em 1891. Foi vice-presidente de Província, por duas vezes do RS, de 1918 a 1923 e de 1923 a 1928. Fundou em 1897 o Curso de Partos, anexo à Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, juntamente com Deoclécio Pereira e Sebastião Leão. Foi também seu primeiro diretor, de 1898 a 1907. Foi um dos fundadores da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, juntamente com o Dr. Eduardo Sarmento Leite. Foi o primeiro Diretor de Higiene do Estado do RS, vinculado à Secretaria do Interior e Exterior. Promovido ao cargo de Secretário do Interior e Exterior de 1906 até 1928, no governo de Getúlio Vargas. Em 1920 organizou a implantação de centros de combate à ancilostomíase em parceria com a Fundação Rockefeller dos Estados Unidos. Presidiu a comissão organizadora do 9° Congresso Médico Brasileiro realizado em 1926 em Porto Alegre. Na política, foi o vice-presidente do Estado (de Borges de Medeiros), 1918-1923 e 1923-1928. Faleceu em Porto Alegre, em 5 de junho de 1933. Foi deputado à Assembleia Constituinte Estadual do Rio Grande do Sul em 1891. Casou com Geralda Cárdia Alves, deste casamento teve 5 filhos: Almir Alves (médico) e Breno Alves (médico); Glauco Alves (advogado); Hugo Alves (funcionário municipal) e Cândida Alves Paim. http://redescobrindoriopardo.blogspot.com/2018/05/quem-foi-protasio-alves.html
;