DIEFENTHAELER, Edgar

Natural de Porto Alegre (RS) 22 de jul. de 1916 - 8 de fev. de 2009, em Porto Alegre (RS). Filho de Adolfo Diefenthaaeler Sobrinho e Guilhermina Heller Diefenthaeler. Formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre (RS), em 1942, defendendo a tese “Contribuição ao estudo das queimaduras”. Ainda estudante, começou a trabalhar na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Envolveu-se na criação do Serviço de Câncer, que originou o Hospital Santa Rita da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (RS), no qual também foi Diretor. Como homenagem, o bloco cirúrgico do hospital foi batizado com seu nome. Na Alemanha, especializou-se em cancerologia nas universidades de Munique e Heidelberg. Foi Professor e fundador da Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, atual UFSCPA. Assumiu cargos como a presidência da Sociedade Brasileira de Cancerologia, em 1963. Casou-se com Helena Diefenthaeler, com quem teve quatro filhos: Edgar, Marília, Eunice e Eleonora.

https://heuser.pro.br/getperson.php?personID=I80&tree=heusers

DIEFENTHAELER, Edgar. Contribuição ao estudo das queimaduras. Tese de doutoramento apresentada à Faculdade de Medicina da Universidade de Porto Alegre, 1942.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p. 502.

;