DUARTE, Eduardo

Natural de Porto Alegre (RS), 4 fev. 1874 – Veranópolis (RS) 9 dez. de 1962. Filho de Tomás Inácio Duarte e Rita Maria Duarte. Estudou na Escola Normal de Porto Alegre (RS). Ingressou no funcionalismo público do RS em 12 de maio de 1899. Atuou como jornalista, publicando no jornal Alfredo Chaves (RS), 1905. Em 1911 recebeu o posto de major da Guarda Nacional. Retornou para Porto Alegre (RS) e formou-se em Medicina pela Escola Médico-Cirúrgica de Porto Alegre em 1919. Foi Conselheiro Municipal em Alfredo Chaves (RS), em 1906. Atuou no Arquivo Público do Estado do RS, criou, em 1921, a Revista do Arquivo Público, encerrada em 1925. Também foi inspetor escolar. Foi professor em Veranópolis (RS) a partir de 1898 e diretor do Departamento de História do Museu do Estado do RS. Historiador e biógrafo. Assinava às vezes com as iniciais E.D. Co-fundador do IHGRS, do qual foi secretário e diretor da redação da Revista do Instituto, a partir de 1924. Publicou, “A Epopéia Farroupilha”, 2.ed.Porto Alegre, 1935. "A opulência do Arquivo Histórico do Rio Grande do Sul", conferência em 19 fev. 1926, sep. da Revista do Arquivo Público, P. Alegre, 1928. "Garibáldi, Rosseti e Zambecari", artigo histórico, sep. da Revista do IHGRS, id, 1932. O Centenário da Colonização Alemã no Rio Grande do Sul, coletânea, P. Alegre, Tip. do Centro, 1946. "O passo inicial da Grande Revolução", Congresso Sul-Rio-Grandense de Geografia e História, 4. Anais, P. Alegre, 1946. "Tributo de sangue: Batalha do Passo do Rosário: Guerra do Paraguai", Congresso de História e Geografia de S. Leopoldo. Anais, P. Alegre, 1947. Luís Rosseti, in memoriam, P. Alegre, Tip. Alemã, 1948. A Eucaristia e o Sentimento Religioso no Velho Rio Pardo, P. Alegre, 1948. Pe. Mateus Pasquali e seu Curato (1886-1906), conferência, Veranópolis, Tip. Pessato, 1953. Síntese Histórica de Veranópolis, comemorativa do 60o aniversário de sua emancipação, P. Alegre, Ed. S. Maria, 1958. "Ofícios de Bento Manoel Ribeiro ao Barão de Caxias", Revista do IHGRS, P. Alegre, n. 19/20, 1925. "Arquivo particular do Cap. Joaquim Gonçalves da Silva", ibid, n. 21/22, 1926. "Os canhões de Garibáldi", ibid, n. 27, 1927. "A fundação de São Sepé", ibid, n. 37, 1930. "Poetas da Grande Revolução", ibid, n. 43/44, 1931. "Os primórdios da Grande Revolução", palestras, ibid, n. 43/44, 1931. "A navegação a vapor no Rio Grande do Sul", ibid, n. 48, 1932. "Um vulto da Revolução de 1835", Correio do Povo, P. Alegre, 18 maio 1933. "Sete de Setembro", conferência, Revista do IHGRS, P. Alegre, n. 72, 1938. "Velhos documentos rio-grandenses", ibid, n. 96, 1944. "General Souza Docca", necrológio, ibid, n. 98, 1945. "Retrospecto da vida do Instituto", discurso, ibid, n. 99, 1945. "No 27o Aniversário do Instituto", id, ibid, n. 105/108, 1947. "Visconde de São Leopoldo", conferência, ibid, id, 1947. "A Eucaristia e os sentimentos religiosos", id, ibid, 1947. "Velhos fortes", Revista do Museu e Arquivo Histórico, P. Alegre, n. 5, 1955. "Francisco Pinto Bandeira: sertanista e soldado", ibid; n. 7, 1957. "Meu encontro com Assis Brasil", memórias, ibid, n. 9, 1958. "A blasfêmia na vida colonial", artigo, Correio do Povo, P. Alegre, 24 out. 1959. Casou com Eulália Mazza.

https://seer.ufrgs.br/revistaihgrgs/article/viewFile/78798/45407

SPALDING, Walter. Construtores do Rio Grande. Porto Alegre: Livraria Sulina, 1969, 3 vol

;