FARINHA, João Pires

Natural do RS, 1836-1888. Foi praça do Exército no RJ. Diplomou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do RJ. Foi o primeiro médico a atuar no Hospital Beneficência Portuguesa de Porto Alegre, em 1859. Em 1866 abdica do cargo de Medicina do RJ, defendendo a tese "Ataxia muscular progressiva". Trabalhou como Cirurgião-mor da Brigada para assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa do RS. Atuou como médico do Asilo de Medicina e da Casa de Correção, sendo diretor em 1905. Foi cavaleiro da Ordem da Rosa e da Ordem de Cristo. Condecorado com medalha da Campanha da Guerra do Paraguai e sócio da Sociedade de Geografia do Rio de Janeiro. Publicou: "Do atual sistema de esgoto da cidade do Rio de Janeiro e de sua influência sobre a salubridade pública", "Aborto criminoso", "Hemorragias puerperais", "Ataxia muscular progressiva" (tese apresentada à Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro), "Inspetoria geral de higiene", "Boletim mensal da mortalidade da cidade do Rio de Janeiro", "Movimento meteorológico", "Questões higiênicas", "Mefitismo animal", "Esgotos do Rio de Janeiro e sua influência sobre a saúde pública", e "Alguns conselhos higiênicos ao povo".

http://dibrarq.arquivonacional.gov.br/joao-pires-farinha

QUEVEDO, Éverton Reis. “Uma mão protetora que os desvie do abismo”: Sociedade Portuguesa de Beneficência de Porto Alegre e seu hospital (1854-1904). São Leopoldo: Oikos; Editora Unisinos, 2016, p.206, p.207.

;