FERNANDES, HELIO FRANCO

Natural de Santa Maria (RS), nasceu em 1° de fevereiro de 1894. Fez os estudos primários e secundários no Ginásio Santa Maria, em sua cidade natal, formando-se em 1911. Matriculou-se na Faculdade de Medicina de Porto Alegre, onde frequentou até o 4° ano, terminando os estudos na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1917, defendendo a tese “Indicates da operação cesareana conservadora”. Esteve na Europa de 1918 a 1920, como membro da Missão Médica Militar Brasileira, tendo sido condecorado em 6 de Janeiro de 1919 pelo Governo de França, por serviços prestados durante a Grande Guerra ao Exército daquele país. Voltou à França em 1922 e 1923 e, mais tarde, em 1928 e 1929, fazendo no decorrer desses anos os seguintes cursos de aperfeiçoamento Cirurgia do Tubo Digestivo, com o Professor Dujarier (1929); Cirurgia Ginecológica, Cirurgia das Vias Urinárias e Cirurgia de Urgência, sob a direção do Professor Cebilau; Clínica Médica das Crianças, sob a direção do Professor No becourt, Clínica da Infância, sob a direção do Professor Marfan; Prática Obstétrica, sob a direção do Professor Couvelaire; Proctologia, sob a direção do Professor Raul Bensaude; Clínica e Métodos de Laboratório, sob a direção do Professor Gilbert; urologia, sob a direção dos Professores Legueu e Chevassu; Ginecologia, sob a direção do Professor J. L. Faure; e Cardiologia, sob a direção do Professor Vasquez, especializado em Clínica Médica e Cirúrgica. Exerceu a profissão em Tupanciretã (RS), onde foi também prefeito Municipal e Diretor do Hospital de Caridade Brasilina Trera, além de ser membro da Sociedade de Medicina de Porto Alegre. Casou-se com Suzana Marchais Fernandes e teve de seu matrimônio os filhos: Cláudio e Marina. O Museu municipal de Tupanciretã homenageia o médico com seu nome.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p. 508

http://mapas.cultura.gov.br/espaco/7589/

;