GARCIA, Darcílio de Souza

Natural de Camaquã (RS), 25 de fevereiro de 1903 na Estância da Lavoura (12 km pela estrada Camaquã/Arambaré) - 20 de maio de 1974. Filho de Gabriel Francisco Garcia e de Theodora Florença de Souza Garcia. Iniciou seus estudos em casa, mediante a contratação de professores particulares que moravam na sede da própria fazenda. Possivelmente, concluiu o curso primário no Colégio Elementar Sete de Setembro em Camaquã (RS). Transferiu-se para Porto Alegre e estudou no Ginásio Anchieta. Diplomou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre, em 1936. Tornou-se o 1º camaqüense a diplomar-se em medicina. Em 1937 iniciou a profissão em Dom Feliciano, distrito de Encruzilhada do Sul (RS), atuando até março de 1974. Casou em 16 de outubro de 1948 em Porto Alegre (RS) com Eleonor Szostakowski, tendo os filhos: Nino Eledar e Ney Roberto, ambos também médicos que residem e trabalham em Camaquã (RS).

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.514.

https://www.donfanews.com.br/colunista/4894/personalidades-%E2%80%93-dr.-darcilio-de-souza-garcia-1-medico-residente.html

;