GOMES, Martim

Natural de Quaraí (RS), 23 de novembro de 1884 – 1978, Porto Alegre (RS). Filho de José Coradino Gomes e de Maria Luiza de Souza Gomes. Estudou o primário e o secundário em Porto Alegre (RS) no Colégio Gomes, na Escola Brasileira, do Prof. Inácio Montanha, e no Colégio Santa Maria, de Clemente Pinto. Diplomou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre, em 1908, defendeu a tese “Ensaio de uma teoria sobre o mecanismo da associação de ideias”. Em 28 de fevereiro de 1912 foi nomeado Major Cirurgião da 55ª Brigada de Infantaria da Guarda Nacional. Exerceu a atividade de cirurgião geral no interior do Estado do Rio Grande do Sul, até 1914, quando viajou para Paris (França) e realizou, por dois anos, estágio no Serviço de Cirurgia Geral do Hospital Laribosière e Tarnier. Especializou-se em Ginecologia, Urologia e Psicologia. Em 1917, retornou ao Brasil, realizou concurso e foi nomeado Professor Substituto da 10º na Cadeira de Clínica Obstétrica e Ginecológica, da Faculdade de Medicina de Porto Alegre. O Governo Provisório do RS nomeou-o, em 1931, Membro do Conselho Técnico da Faculdade de Medicina. Em 1941, foi Reitor Interino da Universidade do Rio Grande do Sul. Em 1954, em 30 de novembro, aposentou-se como professor da Faculdade de Medicina da Universidade do Rio Grande do Sul. Em 1960 recebeu o título de Professor Emérito da Faculdade de Medicina da UFRGS. Em 1974, o professor Arthur Mickelberg, Mestre do Colégio Brasileiro de Cirurgiões, conferiu-lhe, em nome desta entidade, o título de Membro Emérito. Foi o primeiro a falar em medicina psicossomática em nosso meio. Romancista, conferencista e ensaísta. Membro da Sociedade de Medicina de Porto Alegre, da Academia Rio-Grandense de Letras, 1937-1944. Patrono da cadeira 50 da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina. Publicou trabalhos incluindo conferências, romances, novelas, ensaios filosóficos e psicológicos: “Le Rêve et la Selection des Idêes, estudo de Psicanálise”, RJ, tip. do Jornal do Comércio, 1927; “A Criação Estética e a Psicanálise”, ensaio, P. Alegre, Globo, 1930; “As Pesquisas do Inconsciente: Sua Significação Médico-Científica”, P. Alegre; “As Loucuras do Dr. Mingote”, romance, Globo, 1932; “O Comunismo e a Educação no Brasil”, ensaio, Selbach, 1936; “A Flor da Tuna”, romance, Globo, 1938; “A obra de Machado de Assis e seus efeitos na educação moral e cívica, in: Machado de Assis, RJ, Briguiet, 1939; “Sobre a história da Medicina no Estado do Rio Grande do Sul”. In: FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.27 -31; “Técnica da Medicina Psicossomática em Ginecologia”, Congresso Médico de Ginecologia e Obstetrícia, 2. Anais, SP, 1948. “Princípios de psicologia aplicáveis ao tratamento psicossomático”, Anais do Congresso Médico do Cinqüentenário da Fac. de Med. de P. Alegre, P. Alegre, 1950. “As psiconeuroses de proteção e desejo”, ibid, 1950. Conceitos de Estesia Aplicados Comparativamente às Obras de Jorge Amado e Telmo Vergara, conferência na ARI, P. Alegre, 1937. “A Obra de Alcides Maia”, conferência na ARI, P. Alegre, 15 out. 1937, Revista das Academias de Letras, RJ, v. 3, n. 7, fev. 1939. “Machado de Assis: estudos de caracterologia”, cinco artigos, Correio do Povo, P. Alegre, 12 fev. a 15 mar. 1939. “Constituição e ginecologia”, conferência, Revista de Medicina do RS, P. Alegre, v. 1, n. 1, ago./set. 1944. “Psicologia e tratamento psicossomático”, Folha Médica, RJ, v. 30, n. 13, jul. 1949. “A clínica ginecológica e a irresponsabilização da personalidade”, Revista de Medicina do RS, P. Alegre, v. 7 n. 42, jul./ago. 1951. “A dismenorréia e as leis do ensino médico, Anais da Fac. de Med. de P. Alegre, P. Alegre, v. 9, jan./dez. 1951. “As sublimações e os compromissos oníricos, Anais da Fac. de Med. de P. Alegre, id, v. 25, jan./dez. 1965. Casou-se, em 26 de junho de 1911, com Maria Correa Gomes, com quem teve os filhos: Apolo e Fradique Correa Gomes, ambos médicos.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.516.

http://academiademedicinars.com.br/cadeiras/martim-gomes/

;