ASSIS BRASIL, Dacio

Natural de São Gabriel (RS), 1 de novembro de 1904 - 30 de setembro de 1977. Filho de Ptolomeu de Assis Brasil (general) e de Arlinda Castilhos de Assis Brasil. Fez estudos primários no Colégio profª Brandina Mello, e os secundários no Colégio Militar de Porto Alegre (RS). Trabalhou como Agrimensor. Iniciou em Porto Alegre (RS) o curso de medicina, concluindo-o pela Faculdade de Medicina do RJ, em 1930. Especializou-se em Clínica Geral, Pediatria e Obstetrícia. Fez no Rio de Janeiro curso de Pediatria com o professor Martinho da Rocha, na Creche São Sebastião e de Obstetrícia com o Prof. Fernando Magalhães no hospital Pró-Matre. Ex-interno da Clínica Geral do Prof. Rocha Faria, na Santa Casa de Misericórdia da mesma cidade, de 1927 a 1930, continuando a frequentar esse serviço até 1932. Exerceu a profissão em São Gabriel (RS). Em 1939 abandonou a profissão de médico e passou a se dedicar ao cooperativismo. Foi um dos fundadores da Cooperativa Rural Gabrielense Ltda, presidindo-a, nos períodos de 1944/45 e 1954/1960. Fez parte do grupo de pecuaristas que fundaram a Cooperativa de Lã Tejupã Ltda, da qual foi presidente de 1953 a 1956, reelegendo-se para o período seguinte até 1959. Foi o primeiro Presidente da FARSUL (Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul), sendo eleito, para esse importante cargo, nos biênios de 1957/59 e 1965/68, implantou o sindicalismo rural no Rio Grande do Sul. Casou-se com Lina Assis Brasil com quem teve os seguintes filhos: Anna Maria, Maria Ignez, Vera Maria, Carlos Dácio e Jaime Dácio.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.481.

https://www.facebook.com/beraldo.lopes/posts/201665103822122/

;