JOBIM, Homero Só

Natural de Porto Alegre (RS), 19 de setembro de 1908. Filho de Labieno de Castro Jobim e Alzira Só Jobim. Estudou no Ginásio Anchieta e posteriormente no Colégio Júlio de Castilhos. Formou-se pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre, em 1930, defendendo a tese “O Tratamento das Úlceras varicosas pela acethylcholina”. Especializou-se em Bacteriologia, no Serviço do Professor Arlindo de Assis entre os anos de 1931 e 1937, como também no Serviço do Professor G. Pacheco, em 1939, no Instituto Oswaldo Cruz em 193 e no Instituto Bacteriológico de Buenos Aires do Professor Sordeli. Trabalhou, entre os anos de 1926 e 1927, como preparador de Fisiologia. Nos anos de 1928 até 1930 foi interno da Clínica Médica do Professor Octávio de Souza. Foi Chefe de laboratório da II cadeira de Clínica Médica entre 1932 e 1939. Foi ainda professor de Microbiologia da Escola de Veterinária da Universidade de Porto Alegre e chefe do Serviço de bacteriologia no Laboratório Gayer LTDA. Casou-se com Consuelo Só Jobim e teve um filho, Sérgio.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.521.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
;