MARIANO DA ROCHA, Maria Clara

Natural de Santa Maria (RS), 23 de abril de 1902 - 2 de maio de 1983. Filha de José Mariano da Rocha e Maria Clara Marques da Cunha Mariano da Rocha. Estudou no Colégio Santana, em sua cidade natal e posteriormente no Colégio Bom Conselho, localizado em Porto Alegre e no Ginásio Estadual de Santa Maria. Formou-se pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre no ano de 1935, quando foi Laureada com o prêmio Carlos Chagas. Fez viagens de estudos ao Rio de Janeiro, São Paulo e Buenos Aires entre os anos de 1940 e 1943. Especializou-se em Clínica Pediátrica e Higiene Infantil. Participou do 2º Congresso Pan Americano de Endocrinologia na cidade de Montevidéu, em 1941. Foi Assistente, alçando posteriormente o cargo de professora Titular de Clínica Pediátrica e Higiene Infantil da Faculdade de Medicina de Porto Alegre e professora da Faculdade de Medicina de Santa Maria. Atuou ainda como professora da cadeira de Puericultura do curso das Samaritanas da Cruz Vermelha Brasileira. Foi membro da AMRIGS e da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul. Além da sua carreira na medicina também foi poetisa. É patrona da cadeira 46 da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina, de que é titular o Doutor Antonio Spolidoro. Entre os trabalhos publicados destacamos: “Dermatite Fitogênica: Hipersensibilidade às Aroeiras”, tese de doutoramento, P. Alegre, 1935. “A coluna da criança”, seção permanente, Diário de Notícias, P. Alegre, 1947. “Contribuição ao estudo do peso de nascimento da criança rio-grandense”, Anais da Fac. de Med. de P. Alegre, P. Alegre, n.17, jan./dez. 1951

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p. 530.

;