AZEVEDO, Astrogildo Cesar de

Natural de Porto Alegre (RS), 30 jan. 1867 – 22 maio 1946, Santa Maria (RS). Filho de Felicíssimo Manoel de Azevedo (1º Intendente de Porto Alegre (RS) e Maria Leocádia de Azevedo. Estudou no Instituto Brasileiro de Apolinário Porto Alegre. Formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do RJ em 1889, com a tese “Estudo Clínico da aphasia”. Especializou-se, por volta de 1908, na Europa em diversas clínicas médicas. Iniciou clínica em Santa Maria em 1890. Teve intensa participação no combate a epidemias: peste bubônica, peste pneumônica, varíola e gripe espanhola. Atuou como Médico Legista e de Delegado de Higiene. Em 1898 fundou a Sociedade de Caridade Santa-Mariense, sendo seu primeiro presidente. Foi um dos fundadores do Hospital de Caridade Astrogildo de Azevedo de Santa Maria (RS) inaugurado em 1903. Fez a primeira cirurgia cesariana em Santa Maria, no hospital que construiu, em 1911. Atuou como Intendente de Santa Maria e trouxe o engenheiro Saturnino de Brito para estabelecer projeto de saneamento que serviu de modelo para outros municípios (1916-1918). Escreveu trabalhos científicos e artigos sobre política, medicina e atividades rurais para diversos jornais. Foi colaborador de A Estância, órgão da União dos Criadores do Rio Grande do Sul. Foi fundador e presidente das Sociedades Agropastoril e de Medicina de Santa Maria. É patrono da cadeira n° 5 da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina, ocupada pelo professor Alberto T. Londero. Casou-se com Aura Pinto de Azevedo (filha de Dr. Pantaleão José Pinto), com quem teve três filhos: Aracy, Estela e Fernando. http://academiademedicinars.com.br/cadeiras/astrogildo-cesar-de-azevedo/ SOUZA, Blau. Médicos (Pr)escrevem: vidas e obras. Porto Alegre: AGE/AMRIGS/SIMERS, 2001. FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Rio-Grandense. Síntese Cultural e Histórica. Progresso e Evolução da Medicina no Estado do Rio Grande do Sul. S. Paulo: Ramos, Franco Ed., 1943, p.482.
;